Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enterro de Michael será longe dos fãs

Mais de dois meses depois da morte de Michael Jackson, a família do astro pop prepara seu enterro para esta quinta-feira. A cerimônia será exclusiva para familiares e amigos íntimos no cemitério Forest Lawn, em Glendale, na Califórnia. Michael será enterrado ao lado de outros grandes ídolos, como Clark Gable e James Stewart.

A família do cantor enviou aos convidados um convite de nove páginas. Na primeira, está impresso um poema retirado do livro Dancing the Dream, publicado por Michael em 1992: “Se você entrar neste mundo sabendo que é amado e o deixar com a mesma certeza, então tudo o que acontecer nesse intervalo pode ser superado”.

A 9ª página traz o roteiro que a família preparou para quando o funeral terminar. Todos os presentes seguirão para um restaurante italiano a cerca de 12 quilômetros do cemitério, na cidade de Pasadena, para “um momento de celebração”.

A polícia pediu aos fãs que fiquem em casa e nem tentem participar do funeral. Todo o bairro ao redor do cemitério será cercado pela polícia. O enterro deve terminar por volta das 19 horas no horário local (23 horas no horário de Brasília).

“Desejamos pedir especialmente aos fãs que fiquem em casa”, disse a polícia. “O bloqueio das ruas durante todo o dia impedirá qualquer pessoa de se aproximar da entrada do cemitério”, advertiram os policiais. A patrulha será reforçada por helicópteros e cães, que vasculharam a presença de pessoas não convidadas pelos corredores do cemitério.

O corpo Michael será colocado no túmulo do Terraço sagrado do Grande Mausoléu, inspirado no famoso cemitério o “camposanto” de Gênova, na Itália. O cemitério americano, fundado em 1906, abriga ainda as sepulturas de celebridades como Humphrey Bogart, Nat King Cole e Walt Disney.

O astro pop deve ser enterrado com a famosa livra branca que usava em seus shows. Um dos irmãos do artista, Marlon, revelou a um jornal britânico que os filhos do cantor, Prince Michael, 12 anos, Paris, 11 anos, e Prince Michael II, 7 anos, jogarão bilhetinhos no túmulo, com os dizeres “Papai, nos te amamos” e “Estamos sentindo sua falta”.

A família não divulgou nenhum comunicado oficial explicando a demora para o enterro. Os familiares do cantor, convencidos de que ele tenha sido assassinado, pediram várias necropsias. Michael morreu no dia 25 de junho, aos 50 anos, em sua casa em Los Angeles. Ele foi vítima de uma parada cardíaca. O Instituto Médico Legal de Los Angeles confirmou semana passada que Jackson havia sucumbido a uma grave intoxicação pelo forte anestésico propofol, combinado a uma mistura de outros medicamentos, e considerou sua morte um “homicídio”.

(Com agência France-Presse)