Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empresa de autora de ’50 Tons’ é avaliada em R$ 183 mi

Pequena fortuna de E. L. James tende a aumentar, já que o valor não leva em conta os royalties da versão cinematográfica de seu livro e nem o romance que lançou neste mês

A fortuna de E.L. James, autora da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, continua crescendo e deve aumentar ainda mais. A Fifty Shades Ltda., empresa que criou, foi avaliada em 37 milhões de libras (183 milhões de reais) em 2014, de acordo com documentos entregues ao Companies House, órgão oficial de registro de empresas britânicas. Entretanto, este valor não contabiliza os royalties de Grey, seu último lançamento, nem os do longa Cinquenta Tons de Cinza, que arrecadou 569 milhões de dólares em bilheterias de todo mundo, um pouco mais de 1,7 bilhão de reais. As informações são do site do jornal The Guardian.

LEIA TAMBÉM:

Tom de suspense domina teaser de ’50 Tons Mais Escuros’

Em quatro dias, novo ’50 Tons’ vende 1,1 milhão de cópias

Frases filosóficas estão entre as mais grifadas em novo ’50 Tons’

O enorme sucesso da trilogia deu poder de barganha à escritora na hora de negociar os direitos de adaptação com os estúdios de cinema. Outra importante e lucrativa fonte de renda para E.L. James é o extenso catálogo de produtos relacionados à trama que ela lançou, de canecas e chaveiros a lingeries e camisetas, passando por vinhos inspirados no filme.

Em 2012, E.L. James integrou a lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da revista Time. Suas obras somadas venderam 125 milhões de cópias em todo o mundo e foram traduzidas para 52 idiomas.

(Da redação)