Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em trailer, Carrie Fisher diz que a mãe não aceita a velhice

Documentário 'Bright Lights' será exibido pela HBO Brasil no dia 9 de janeiro

A HBO divulgou nesta quarta-feira o trailer do documentário Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds, in memoriam de mãe e filha, que morreram na última semana de 2016. Carrie Fisher, a princesa Leia de Star Wars, foi vítima de um ataque cardíaco durante um voo com destino a Los Angeles, no dia 27. Já sua mãe, Debbie Reynolds, protagonista do clássico Cantando na Chuva (1952), sofreu um derrame cerebral e morreu no dia seguinte ao falecimento da filha, aos 84 anos.

Segundo o trailer, o documentário explorará a relação pessoal das atrizes. “Eu sou a melhor amiga da minha mãe”, diz Carrie em uma cena. Debbie complementa: “Divido tudo com a minha filha”. Filmes caseiros da família estarão no documentário, junto à cenas exclusivas — por vezes cômicas. Também, é revelado que a veterana já passava por problemas de saúde, bem como tinha dificuldades para aceitar sua idade avançada.

O documentário foi gravado entre 2014 e 2015, quando Fisher se preparava para voltar a pele de Leia Organa, em Star Wars: O Despertar da Força. Reynolds conta que a filha sofreu de transtorno maníaco-depressivo no início de sua carreira, devido à rápida ascensão aos holofotes.

Em virtude da morte das atrizes, a HBO antecipou a estreia de Bright Lights para 7 de janeiro, nos Estados Unidos. Já no Brasil, o documentário será lançado pelo canal pago na segunda-feira seguinte, dia 9, às 22h.

Confira abaixo o trailer:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Denilson Rodrigues

    Exploração danada. Tudo pra faturar.

    Curtir