Em quatro dias, novo ’50 Tons’ vende 1,1 milhão de cópias

A editora de 'Grey', o romance erótico narrado sob a perspectiva do bonitão sadomasoquista, já prepara uma nova edição do livro

Por Da Redação - 22 jun 2015, 17h41

Em apenas quatro dias, Grey, que conta a historia de Cinquenta Tons de Cinza pelos olhos do galã sadomasoquista Christian Grey, já vendeu 1,1 milhão de cópias em seus diversos formatos de leitura nos mercados americano e britânico. As informações são do site da revista americana Entertainment Weekly.

LEIA TAMBÉM:

Novo livro de ‘Cinquenta Tons de Cinza’ chega às livrarias

Novo ’50 Tons’ é roubado antes de sua publicação

Publicidade

De acordo com a Vintage Anchor books, editora responsável pela obra, Grey chegou ao número com a venda de livros em formato físico, e-books e edições em áudio. “Este é um número surpreendente de venda de livros ao longo de um fim de semana e reflete o engajamento dos leitores apaixonados pelos livros de Cinquenta Tons“, disse Anne Messitte, porta-voz da Vintage, em um comunicado à EW. “A versão de Christian da história está provando ser irresistível.”

Diante da velocidade das vendas — o livro foi lançado na última quinta-feira –, a editora britânica afirmou que já está organizando novas edições do romance. A primeira versão foi planejada para ter 1,25 milhões de cópias, enquanto as próximas devem ultrapassar a casa dos 2 milhões.

Grey ficou no topo da lista de pré-venda da livraria online Kindle, da Amazon. “É a maior pré-venda do ano”, disse Sara Nelson, diretora editorial da Amazon.com. “Eu ficaria muito surpresa se não for um best-seller.” A trilogia de Cinquenta Tons de Cinza já vendeu mais de 125 milhões de exemplares no mundo e é considerada uma das publicações de maior sucesso comercial na história.

(Da redação)

Publicidade