Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em processo, ex-vocalista quer US$ 7 milhões do Stone Temple Pilots

Scott Weiland alega ter sido vítima de conspiração ao ser expulso da banda, há dois meses

Pouco mais de dois meses após ter sido expulso do Stone Temple Pilots, o cantor Scott Weiland entrou com uma ação na Justiça contra os ex-companheiros de banda. Ele alega ter sido vítima de uma conspiração e pede 7 milhões de dólares de indenização, segundo informações do site americano TMZ.

LEIA TAMBÉM:

Stone Temple Pilots demite próprio vocalista, Scott Weiland

Não é a primeira batalha de Weiland com a banda na Justiça. O grupo grunge já havia entrado com um processo contra o cantor no último dia 24 de maio, em que o acusa de sabotar a turnê de 20 anos da banda por chegar atrasado em compromissos importantes, como shows promocionais, e usar impropriamente o nome do conjunto para promover sua carreira-solo. Agora Scott rebateu a ação e acusou os três integrantes da banda de terem planejado secretamente sua saída no início do ano.

Nas apresentações mais recentes, o Stone Temple Pilots recrutou Chester Bennington, do Linkin Park, para os vocais, com quem já lançou a música Out Of Time.