Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Elenco de ‘Glee’ tentou salvar ator do vício em heroína

Os produtores e atores que trabalhavam com Cory Monteith conversaram com ele no início do ano e o convenceram a ir para uma clínica de reabilitação

O elenco e os produtores da série Glee não somente sabiam que Cory Monteith lutava contra o vício em heroína, como tentaram salvar o ator antes que uma tragédia acontecesse. Ele morreu de uma overdose combinada de droga e álcool no sábado, em Vancouver, no Canadá.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Último trabalho de ator no cinema foi como viciado; assista

Famosos lamentam morte do ator Cory Monteith, de Glee

Após morte de protagonista, futuro de Glee é incerto

De acordo com o site TMZ, a produção da série deu forças a Monteith para que ele se internasse por vontade própria em uma clínica de reabilitação em março passado, de onde saiu em abril. Segundo a publicação, todo o elenco se sentou com o ator e conversou com ele, dizendo o quanto eles se importavam com ele. “Não houve resistência. Ele sempre foi muito grato e consciente do quão sortudo ele era”, disse uma fonte ao site.

Festas e drogas – Uma reportagem da revista People desta semana indica que, além de lutar contra o vício, Monteith tinha outro problema: a fama. “Ele sabia que merecia ser famoso, mas nunca aprendeu a lidar com ela”, disse um amigo do ator à revista. A mesma fonte afirmou ainda que o elenco jovem da série tem um estilo de vida que inclui muitas festas, o que dificultava as tentativas do ator de se manter longe das drogas.

Na tarde desta terça-feira, assim que a causa da morte de Monteith foi divulgada, Lea Michele, que era namorada do ator e com quem ele contracenava em Glee, divulgou outro comunicado. Ela voltou a pedir privacidade e respeito ao seu luto e ao da família do ator.