Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Economista Edmar Lisboa Bacha é eleito imortal da ABL

Ele ocupará a cadeira 40, sucedendo o jurista Evaristo de Moraes Filho, que morreu em 22 de julho

O economista Edmar Bacha foi eleito para a Academia Brasileira de Letras (ABL) na tarde desta quinta-feira. Ele ocupará a cadeira 40, sucedendo o jurista Evaristo de Moraes Filho, que morreu em 22 de julho. Os ocupantes anteriores da cadeira 40 foram o fundador Eduardo Prado, que escolheu como patrono o Visconde do Rio Branco, Afonso Arinos, Miguel Couto e Alceu Amoroso Lima.

Edmar Lisboa Bacha integrou a equipe econômica que concebeu e implantou o Plano Real, em 1994. Ele obteve 18 dos 33 votos, dos quais 23 presenciais, depositados em uma urna na sede da ABL, no Centro do Rio, e dez por cartas. Formou-se na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais e obteve o Ph.D. em economia na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. O agora acadêmico deu aulas de economia em diversas universidades no Brasil e no exterior.

É autor de vários livros e artigos em revistas acadêmicas. Seu último livro é Belíndia 2.0: Fábulas e Ensaios sobre o País dos Contrastes (Civilização Brasileira). Trabalha atualmente na organização de um novo livro, O Fisco e a Moeda: Ensaios sobre o Tesouro Nacional e o Banco Central, que está previsto para ser publicado ainda em 2016.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wilson A. Zamignani

    É pra quebrar a cara dos malditos comunistas que tomaram o poder e destruíram o no nosso país….

    Curtir

  2. Parabéns à Academia Brasileira de Letras por mais esse grande feito. O Dr. Edmar Bacha foi um dos protagonistas do maior projeto de inserção social do Brasil, o Plano Real. A minha geração testemunhou o quanto foi importante para o país o surgimento desse plano em que ele foi um dos idealizadores.

    Curtir