Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dolores O’Riordan não acreditava que viveria até os 50

Cantora do grupo The Cranberries foi encontrada morta no hotel que estava hospedada em Londres nesta segunda-feira

A vocalista do The Cranberries, Dolores O’Riordan, não esperava viver mais que 50 anos. Em entrevista dada ao jornal Ireland’s Sunday Independent em 2014, a cantora disse acreditar que não chegaria à velhice, e estaria feliz se completasse meio século. Dolores morreu nesta segunda-feira, aos 46 anos em um hotel de Londres.

Barry Egan, o autor da reportagem e amigo íntimo de Dolores, escreveu que na época da entrevista ela estava em um “estado de tristeza”, e ele chegou a temer pela vida da cantora. Ainda assim, ele afirmou que Dolores tinha “momentos” em que voltava a ser ela mesma, até se recuperar totalmente no mês seguinte.

Um porta-voz da Scotland Yard informou, nesta terça-feira, que a polícia inglesa não está tratando o caso como homicídio, e aguarda o relatório do legista para definir a causa da morte. Amigos próximos de Dolores, no entanto, teriam dito ao site TMZ que a cantora estava muito deprimida nos últimos tempos, e reclamava de dor nas costas.

Durante sua carreira, que remonta o auge do rock alternativo dos anos 1990, a cantora lutou contra depressão e outras doenças, como alcoolismo e transtornos alimentares. Em 2013, ela tentou suicídio e, dois anos mais tarde, foi diagnosticada com transtorno bipolar.