Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dois filmes que homenageiam o cinema são favoritos ao Oscar

Antonio Martín Guirado.

Los Angeles (EUA.), 24 jan (EFE).- Duas homenagens completamente distintas à história do cinema, ‘A Invenção de Hugo Cabret’, primeira produção em 3D de Martin Scorsese, e ‘O Artista’, filme mudo em preto e branco, são os principais favoritos à 84ª edição do Oscar.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou nesta terça-feira os indicados ao prêmio e ‘A Invenção de Hugo Cabret’ concorrerá em 11 categorias, entre elas de Melhor Filme, Diretor, Roteiro Adaptado (John Logan), Direção de Arte (Dante Ferreti e Francesca Lo Shiavo) e Melhor Fotografia (Robert Richardson).

O grande rival da produção será ‘O Artista’, que recebeu 10 indicações, entre elas Melhor Filme, Melhor Diretor (Michel Hazanavicius), Melhor Ator (Jean Dujardin), Melhor Atriz Coadjuvante (Bérénice Bejo) e Melhor Direção de Arte (Laurence Bennett e Robert Gould).

Ambas as produções disputarão o prêmio de Melhor Filme com ‘Os Descendentes’, ‘Cavalo de Guerra’, ‘O Homem que Mudou o Jogo’, ‘A Árvore da Vida’, ‘Meia Noite em Paris’, ‘Histórias Cruzadas’ e ‘Tão Forte e Tão Perto

Scorsese e Hazanavicius lutarão pela estatueta dourada de Melhor Diretor junto a Alexander Payne (‘Os Descendentes’), Terrence Malick (‘A Árvore da Vida’) e Woody Allen (‘Meia Noite em Paris’).

O Oscar de Melhor Ator ficará entre o mexicano Demián Bichir (‘A Better Life’), George Clooney (‘Os Descendentes’), Gary Oldman (‘O Espião que Sabia Demais’) e Dujardin.

Esta é a primeira indicação ao Oscar de Bichir, de 48 anos, que também concorre aos prêmios do cinema independente Spirit Awards, em 25 de fevereiro, e do Sindicato de Atores dos Estados Unidos, de 29 de janeiro.

O único intérprete mexicano que ganhou um Oscar foi Anthony Quinn, que venceu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante duas vezes, por ‘Viva Zapata’, de 1952, e ‘Sede de Viver’, de 1956.

Outro latino-americano na lista é Bérénice Bejo (‘O Artista’), que concorrerá ao prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante. As outras indicadas são Octavia Spencer (‘Histórias Cruzadas’), Janet McTeer (‘Albert Nobbs’), Melissa McCarthy (‘Missão Madrinha de Casamento’) e Jessica Chastain (‘Histórias Cruzadas’).

Bérénice, que nasceu em Buenos Aires, faz em ‘O Artista’ o papel de uma diva do cinema. O diretor da produção, Michel Hazanavicius, é seu marido. A atriz se mudou para Paris em 1979, antes de completar três anos de idade.

No Oscar de Melhor Atriz, não houve surpresas: a estatueta será disputada entre Meryl Streep (‘A Dama de Ferro’), Glenn Close (‘Albert Nobbs’), Viola Davis (‘Histórias Cruzadas’), Rooney Mara (‘Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres’), e Michelle Williams (‘Sete Dias com Marilyn’).

As previsões também se cumpriram com as indicações ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, que será disputado entre Kenneth Branagh (‘Sete Dias com Marilyn’), Jonah Hill (‘O Homem Que Mudou o Jogo’), Nick Nolte (‘Guerreiro’), Christopher Plummer (‘Toda Forma de Amor’) e Max von Sydow por (‘Tão Forte e Tão Perto’).

Os compositores Carlinhos Brown e Sérgio Mendes concorrem ao Oscar de Melhor Canção Original com ‘Real in Rio’, da animação ‘Rio.

O compositor espanhol Alberto Iglesias foi indicado ao Oscar na categoria de Melhor Trilha Sonora por seu trabalho no filme ‘O Espião que Sabia Demais’.

Iglesias, de 56 anos, terá como adversários pela estatueta John Williams (‘As Aventuras de Tintim’ e ‘Cavalo de Guerra’), Ludovic Bource (‘O Artista’), e Howard Shore (‘A Invenção de Hugo Cabret’).

A espanhola ‘Chico & Rita’, de Fernando Trueba e Javier Marechal, obteve a indicação de Melhor Animação. O filme disputará o prêmio com ‘Rango’, ‘A Cat in Paris’, ‘O Gato de Botas’ e ‘Kung Fu Panda 2’.

Uma das surpresas foi o novo filme de Clint Eastwood, ‘J.Edgar’, não ter conseguido nenhuma indicação. Esperava-se que Leonardo DiCaprio, que atua na produção, concorresse ao prêmio de Melhor Ator. Outra surpresa foi a comédia ‘Missão Madrinha de Casamento’, que disputará o Oscar de Melhor Roteiro Original com o ‘O artista’, ‘Margin Call’, ‘Meia Noite em Paris’ e a ‘A separação’.

A cerimônia de indicação ocorreu no Teatro Samuel Goldwyn, em Beverly Hills. Tom Sherak, presidente da Academia, e a atriz Jennifer Lawrence apresentaram o evento.

O Oscar será realizado no dia 26 de fevereiro, em Los Angeles, no Teatro Kodak. EFE