Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dois bons restaurantes portugueses em Cuiabá

Casas fazem parte dos 200 endereços que integram a edição digital de VEJA COMER & BEBER CUIABÁ 2018/2019

Por Lidiane Barros, Marianna Marimon, Renan Marcel e Vinicius Tamamoto - 27 Apr 2018, 01h00

Veja os escolhidos:

Chef Caliman

O ex-dentista José Caliman Neto especializou-se na arte das caçarolas em períodos na Itália e Portugal. Suas viagens e experiências são traduzidas em pratos como o cremoso risoto de bacalhau (R$ 86,00). O peixe salgado, ingrediente que brilha em diversas receitas da casa, pode vir, por exemplo, em lascas gratinado com molho bechamel e queijo parmesão (R$ 81,70). A pedida vem à mesa guarnecida de arroz. O chef também dá seu toque ao tradicional filé à parmigiana (R$ 75,00 para três pessoas), que é empanado com uma técnica que substitui o ovo por creme, o que garante uma casquinha mais crocante. Como sobremesa, segue imbatível o sorvete artesanal de chocolate com amêndoas e suspiro (R$ 15,00). Rua Desembargador José de Mesquita, 109, Araés, 99981-3688 (40 lugares). 11h/15h (fecha seg.). Aberto em 2013. $$$

Taberna Portuguesa

Continua após a publicidade

A construção, inspirada em um castelo medieval, chama a atenção de quem percorre o quarteirão da Avenida Ipiranga, em Goiabeiras, onde fica o estabelecimento. Ali se servem receitas fartas de bacalhau da espécie Gadus morrhua — os exemplares, em porções, são dessalgados na casa, como reza a cartilha portuguesa. Os doze pratos à base do peixe levam a assinatura dos proprietários, o alentejano Bento Abraços e sua mulher, Sonia Cassol. Ele chegou a Cuiabá há quarenta anos, depois de trabalhar em restaurantes de Moçambique e de Balneário Camboriú (SC). As referências que adquiriu em cozinhas profissionais, além da comida afetiva da terra natal, resultaram em sugestões como o bacalhau à provençal, assado com uma crosta de alho, pimentões vermelho e amarelo, cebola, batatas ao murro e brócolis (R$ 125,00 ou R$ 180,00, para duas pessoas). Com as aparas do peixe é feito o bolinho de bacalhau (R$ 41,00, dez unidades), bom par para um dos 120 rótulos de vinho da carta. Sonia indica o branco português Aveleda Follies Alvarinho 2017 (R$ 139,90). Para adoçar o paladar, não deixe de pedir o pastel de belém (R$ 8,50). Avenida Ipiranga, 560, Goiabeiras, ☎ 3321-3661 (120 lugares). 11h/14h30 e 18h/23h (dom. só almoço). Aberto em 1979. $$$

Publicidade