Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Divórcio pode custar R$ 409 milhões a Schwarzenegger

O divórcio do ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger caminha para se tornar um dos mais caros da história. Ele poderá ter de pagar à jornalista Maria Shriver, com quem foi casado por mais de 20 anos, uma quantia equivalente a 409 milhões de reais. Maria colocou fim ao casamento após descobrir que o marido tem um filho de 13 anos, fruto de um caso extra-conjugal que manteve com a empregada da família.

De acordo com o tabloide inglês The Sun, Maria Shriver deve entrar com o processo de divórcio nos próximos dias e poderá embolsar 155 milhões de libras (cerca de 409 milhões de reais). Schwarzenegger, de 63 anos, tem uma fortuna estimada de 310 milhões de libras (cerca de 818 milhões de reais), e Maria deverá ter direito à metade. Ele é proprietário de um shopping center, possui ações da Coca-Cola e da Starbucks e sua mansão em Los Angeles está avaliada em 8 milhões de libras (cerca de 21 milhões de reais).

O valor do divórcio pode ultrapassar o do astro de basquete Michael Jordan, obrigado a pagar 100 milhões de libras (cerca de 264 milhões de reais) a Juanita Vanoy. Esta foi a quantia mais alta desembolsada por uma celebridade em separação judicial.

Segundo o The Sun, Maria Shriver contratou um detetive particular para investigar as finanças de Schwarzenegger. Ela já conta também com os serviços de Laura Wasser, uma advogada conhecida em Los Angeles por seu trabalho em casos de divórcio. Schwarzenegger e Shriver foram casados por 25 anos e têm quatro filhos.

Segundo amigos, ela teria ficado chocada com o caso de traição recém-descoberto do marido. Shriver afirmou que se sente humilhada, porque sempre esteve ao lado do ator e político quando várias mulheres o acusaram de abuso sexual há oito anos.