Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Disney pede desculpa após proibir menino de ter ‘Dia de Princesa’

"Vamos garantir que isso não aconteça novamente", disse a empresa

Na última terça-feira (29), Noah, um garoto de três anos, não pôde participar de uma experiência realizada pela Disney de Paris por não ser uma menina. “No momento, não é possível agendar o ‘Dia de Princesa’ para um menino”, escreveu a administração da companhia na Europa em resposta ao pedido da mãe de Noah, Hayley McLean-Glass.

Após a confusão, Hayley usou seu blog para questionar o que de tão terrível poderia aconteceu com seu filho, um superfã do filme Frozen, se ele usasse um vestido. O texto, segundo o jornal The Guardian, levou um porta-voz da Disney a pedir perdão pelo ocorrido. “Essa experiência está disponível para todas as crianças entre três e doze anos e nós nos desculpamos com a família por terem recebido informações imprecisas.”

O texto da mãe ainda ressaltou que a criança havia ficado muito empolgada com a chance de participar da atração. “Nós gastamos uma pequena fortuna nos itens da Disney para Noah, ele usa seu amado vestido da Elsa o dia todo, todos os dias”, relatou.

Em resposta, a empresa diz que está levando a situação muito a sério e confirma que esse foi um caso isolado. “A resposta do membro do elenco não reflete qualquer política ou crença realizada aqui na Disneyland Paris. Vamos garantir que isso não aconteça novamente”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wellington Silva

    Absurdo!!! Uma coisa dessa não se faz com uma criança…

    Curtir

  2. leia a reportagem Wellington, o menino ja usava antes, todos os dias, foi ele que pediu pra participar, ninguém forçou a criança a fazer nada

    Curtir

  3. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    “Associação de pediatria dos EUA declara-se formalmente contra a ideologia de gênero” (semprefamilia)
    Graças a Deus pela medicina continuar sendo ciência e não uma ideologia.

    Curtir