Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dez séries da Netflix para mergulhar no feriado prolongado

Comédias, dramas e futuros sombrios são algumas das temáticas abordadas por bons seriados no catálogo do canal de streaming

Por Da redação - 14 nov 2016, 15h34

Em busca de uma boa maratona que não envolva esforços físicos? Confira na lista abaixo uma lista com dez seriados interessantes disponíveis na Netflix para curtir no feriado. Com temáticas variadas, os programas vão desde divertidas comédias até dramas históricos e investigativos. Escolha a sua e prepare os mantimentos para os próximos dias.

Para rir sem culpa

Jane the Virgin

De origem latina e bastante católica, Jane (Gina Rodriguez) decidiu se casar virgem. A influência veio da avó religiosa e da mãe periguete, que engravidou na adolescência e se tornou um exemplo a não ser seguido. Em um fatídico dia, a jovem, que está noiva, vai ao ginecologista e é inseminada artificialmente por engano. Ela engravida e descobre que o sêmen é de seu chefe, um ricaço herdeiro de uma rede de hotéis. A série abusa com ironia dos clichês do dramalhão latino. A Netflix disponibiliza a 1ª temporada, com 22 episódios.

Continua após a publicidade

Outra opção: Se já conhece a história de Jane, uma boa comédia é Grace and Frankie. A dupla vivida por Jane Fonda e Lily Tomlin encara a terceira idade e um inesperado divórcio: seus respectivos maridos assumiram a paixão secreta e vão se casar. O humor ácido e a boa atuação do elenco são uma combinação irresistível.

 

Continua após a publicidade

História com algo mais

Vikings

Continua após a publicidade

Com produção assinada pelo History Channel, a série acompanha o guerreiro e agricultor Ragnar Lothbrok (Travis Fimmel), célebre representante das incursões exploratórias nórdicas. Lenda escandinava, Ragnar se torna chefe tribal viking sob a crença de ser descendente do deus Odin. Ao lado de sua família e tripulação ele desbrava novas terras, encara batalhas épicas e causa embates de poder e fé. A Netflix tem disponíveis três temporadas da série, com cerca de dez episódios cada.

Outra opção: Para quem gosta do clima histórico, mas prefere algo menos lamacento, pode apostar em The Borgias. A série de três temporadas acompanha os bastidores da família Bórgia, proeminente no clero e na política italiana durante o Renascimento. Eles elegeram três Papas e foram acusados de inúmeros crimes, muitos deles sexuais.

 

Continua após a publicidade

Futuros distópicos

Black Mirror

Continua após a publicidade

Em um futuro não muito distante, a vida real é medida a partir dos “likes” ganhos no mundo virtual. Uma média de pontuação é necessária para entrar em eventos, restaurantes e até para conseguir um emprego. Em outro porvir, pessoas usam uma memória granulada na cabeça, que serve como arquivo do cotidiano e pode até ser exibida em telas de televisão. As previsões da série Black Mirror assustam e prendem em uma narrativa bem feita e episódios que podem ser vistos de forma independente. As três temporadas estão disponíveis na Netflix. No total, são treze episódios que se conectam pela temática do cotidiano pautado pela tecnologia.

Outra opção: Com apenas duas temporadas, Jericho mostra uma pequena cidade americana que se vê isolada do mundo após visualizar ao longe uma nuvem de cogumelo nuclear. A população não sabe o que aconteceu com o restante dos EUA e nem como agir a partir do inesperado evento.

 

Continua após a publicidade

Investigação para além de CSI

Sherlock

Benedict Cumberbatch encarna um interessante e ácido Sherlock Holmes na série que é sucesso de crítica e público. Ao lado de Martin Freeman, no papel do doutor John Watson, o detetive percorre a Londres dos dias atuais desvendando crimes e provocando a polícia com sua inteligência e perspicácia. O programa possui poucos episódios (3 a 4 por temporada), mas cada um com duração de longa-metragem. As três temporadas estão na Netflix.

Outra opção: Se você já zerou Sherlock, então experimente White Collar. Um experiente falsificador é preso e propõe um acordo ao FBI: ele ajuda a agência em troca de liberdade. A controversa parceria culmina na solução de diversos casos de Colarinho Branco. A série possui seis temporadas.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Dramas de época

Call the Midwife

Ambientada nos anos 1950, Call the Midwife acompanha a trajetória de uma jovem enfermeira que trabalha com um grupo de freiras em uma região pobre de Londres. O roteiro ecoa consequências da II Guerra Mundial enquanto acompanha dramas familiares e romances, fórmula temperada com uma leve dose de humor britânico. São cinco temporadas com cerca de nove episódios cada.

Continua após a publicidade

Outra opção: Fresquinha na programação da Netflix, a série original The Crown é uma ótima opção para quem gosta de dramas de época. Com dez episódios, a primeira temporada acompanha a juventude da Rainha Elizabeth II do Reino Unido a partir de seu casamento, em 1947, até os dias de hoje. Seis temporadas são esperadas.

 

Continua após a publicidade
Publicidade