Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De Sean Connery a Daniel Craig, 007 em números

Bebidas, matança e pegação: levantamento mostra os destaques entre os atores que deram vida ao agente James Bond

Ao longo de 24 filmes, seis atores deram vida ao agente James Bond. E todos eles conquistaram um currículo e tanto dentro do controverso perfil do personagem, considerado frio, sexista e com um gosto exagerado por bebidas alcoólicas. Já no quesito bilheteria, não tem para ninguém, Daniel Craig, o atual 007, é o que possui as maiores marcas da história da franquia, culpa de 007 – Operação Skyfall (2012), que somou 1,1 bilhão de dólares em renda mundial. O longa superou o mais bem-sucedido filme da franquia até então, 007 Contra a Chantagem Atômica (1965), com Sean Connery, que arrecadou, em valores corrigidos para a inflação de 2015, 1 bilhão de dólares.

Leia também:

James Bond encara fantasmas em ‘007 contra Spectre’

Em carta, criador de 007 diz que operou ‘cura gay’ em personagem

James Bond é misógino, diz Daniel Craig ​

Daniel Craig recua: ‘Prefiro cortar os pulsos a ser Bond de novo’

Porém, Craig também conta com os maiores orçamentos da série, sendo o último filme, 007 Contra Spectre, o mais caro – estima-se que foram gastos 240 milhões de dólares em sua produção. Segundo o site da revista The Economist, os três primeiros filmes de Bond, estrelados por Connery, renderam 30 vezes mais que seu investimento, enquanto os três longas iniciais de Craig retornaram quatro vezes o orçamento. Agora, para ser considerado um sucesso, Spectre precisa ultrapassar os 700 milhões de dólares em bilheteria mundial. Marca que não parece lá muito difícil de ser alcançada.

Em um levantamento feito pela publicação, os atores de Bond passam por um raio-x, que analisa números de conquistas, mortes, bebidas, entre outras curiosidades da franquia.

Confira: