De Claudia (Leitte) a Biel: famosos que mudaram de nome

Celebridades dominam a arte de trocar, cortar e adicionar alcunhas

Por Da Redação - Atualizado em 29 jun 2017, 18h28 - Publicado em 29 jun 2017, 18h27

Assim como Adele, Madonna e Beyoncé, Claudia Leitte acredita que chegou ao panteão de artistas que não precisam de um sobrenome. Claudia, que se chama Claudia Cristina Leite Inácio Pedreira, é apenas mais uma das celebridades que decidiram (ou tentaram) trocar o nome como são chamados pelo público sem um motivo aparente. Ao contrário de Biel, que ficou um ano afastado por acusação de assédio e agora quer ser chamado de Gah. Mais uma tentativa desesperada de mudar sua imagem. 

 Confira abaixo outros casos:

 

1. Wanessa Camargo

TVEJA, com a cantora Wanessa Camargo - 16/09/2016 TVEJA, com a cantora Wanessa Camargo – 16/09/2016

TVEJA, com a cantora Wanessa Camargo – 16/09/2016 Bruno Menezes/VEJA.com

Em 2009, a cantora lançou o álbum Meu Momento e anunciou que não usaria mais o  sobrenome, assinando apenas como Wanessa. A mudança foi acompanhada de muitas críticas, que a acusavam de negar a imagem do seu pai, Zezé di Camargo, dupla sertaneja e irmão de Luciano. A mudança não pegou. A cantora voltou a utilizar o seu sobrenome em janeiro do ano passado. A assessoria da moça garante que Wanessa atendeu a um pedido do seu avô, durante o final do ano que passou em Goiânia com a família.

Publicidade

2. Naldo Benny

O cantor Naldo Benny O cantor Naldo Benny

O cantor Naldo Benny Reprodução/Instagram

Em 2012, o cantor decidiu investir em uma carreira pop e adicionou “Benny” ao seu nome artístico. Naldo, que na verdade se chama Ronaldo Jorge Silva, explicou que o termo significa “abençoado” e ele até a tatuou no pescoço. O lado espiritual tinha um fundo mercadológico: a palavra teria uma pegada mais internacional. No mesmo período, Naldo lançou Se Joga, com o rapper americano Fat Joe e chegou a fazer shows na Europa, junto com a dupla sertaneja Matheus e Kauan.

3. Diddy

Sean Combs na premiação da Billboard O rapper Sean Combs, mais conhecido como Diddy

O rapper Sean Combs, mais conhecido como Diddy Divulgação Billboard/Reuters

O produtor musical Sean Combs já é conhecido pela indecisão em relação ao seu nome. O rapper começou a carreira em 1997 como Puff Daddy, por causa do apelido de infância “Puffy”. No ano seguinte, decidiu ficar com seu verdadeiro nome Sean John, o que não durou muito tempo. Em 1997, mudou para Puffy, mas logo abreviou e adicionou “Diddy”, se tornando P. Diddy. Durante uma semana em 2011, o americano decidiu ser chamado de Swag, porém, logo voltou para o nome anterior. Desde 2014, o rapper tem utilizado apenas Diddy nos seus trabalhos. Em uma entrevista para a CNN, Sean explicou: “Eu tenho diferentes personalidades, sabe? Eu tenho várias… Ninguém sabe quem é que está descendo pela escada de manhã”.  

4. Anitta

Cantora Anitta Cantora Anitta

Cantora Anitta Instagram/Reprodução

A cantora de Paradinha tem como nome de registro Larissa de Macedo Machado, mas sempre afirma que se é chamada assim, nem reconhece. O nome artístico veio da minissérie A Presença de Anita exibida na TV Globo em 2001, que seu irmão assistia. O segundo “t” , foi adicionado apenas para “agregar pegada artística”. Anitta ainda apoiou a mudança do nome de Claudia Leitte. Ela comentou “você arrasa. Musa. Belíssima. Com Leitte, com chocolate, com água de salsicha, com café” em uma foto da baiana no Instagram. 

5. Os cantores sertanejos

O cantor Gusttavo Lima O cantor Gusttavo Lima

O cantor Gusttavo Lima Divulgação/SBT

No mundo sertanejo, diversos artistas mudaram o nome completamente para iniciar a carreira. O pai de Wanessa, Zezé Di Camargo, pode ter um nome artístico comum, mas foi registrado com um bem diferente: Mirosmar José de Camargo. O irmão, Luciano, é Welson David de Camargo. O cantor Leonardo também entra para a lista, com o nome Emival Eterno Costa. Gusttavo Lima tem como verdadeiro nome Nivaldo Batista Lima e trocou por sugestão de um empresário como opção mais comercial para alavancar a carreira.

Publicidade