Clique e assine a partir de 9,90/mês

Daniel Craig recebe oferta de US$ 150 milhões para voltar a 007

Último filme do ator no papel arrecadou mais de 880 milhões de dólares

Por Da redação - Atualizado em 23 maio 2017, 11h16 - Publicado em 5 set 2016, 11h54

Daniel Craig jurou de pés juntos que não voltaria ao terno de James Bond. Mas tudo pode mudar. Segundo o tabloide RadarOnline, o estúdio Sony estaria oferecendo 150 milhões de dólares (aproximadamente 490 milhões de reais) ao ator para encarnar o personagem em mais dois filmes da saga. “O estúdio está desesperado para segurá-lo enquanto eles procuram um sucessor mais jovem de longo prazo”, disse uma fonte da Sony ao site.

LEIA TAMBÉM:
Daniel Craig recusa R$ 272 milhões para reviver James Bond
De Sean Connery a Daniel Craig, 007 em números
Tom Hiddleston sobre viver James Bond: ‘Acho que não vai acontecer’

Craig já disse publicamente que não deseja voltar ao papel do famoso espião, que já interpretou em quatro filmes. Ele chegou a recusar uma oferta anterior — e menor — de 270 milhões de reais.

Nos últimos meses, muitos nomes surgiram como possíveis substitutos, como Idris Elba, Tom Hiddleston e Michael Fassbender, mas ninguém foi confirmado pelo estúdio. “Eles querem gravar mais dois filmes, de preferência com Daniel como 007, antes que ele passe o bastão para outra pessoa para um terceiro filme que marcará o início de uma nova era”, declarou a fonte ao RadarOnline.

A franquia 007 é uma das mais rentáveis da Sony. Somente o último filme de Craig como Bond, 007 contra Spectre, arrecadou mais de 880 milhões de dólares mundialmente, e os quatro filmes com ele como protagonista arrecadaram, no total, mais de 3,1 bilhões de dólares no mundo todo.

Publicidade