Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Curta brasileiro é indicado ao Urso de Ouro em Berlim

‘Mar de Fogo’, do carioca Joel Pizzini, concorre com 26 filmes de dezessete países

O curta Mar de Fogo, do carioca Joel Pizzini (de Enigma de um Dia e Caramujo-Flor), é um dos 27 indicados ao Urso de Ouro da 65ª edição do Festival de Berlim, que acontece entre 5 e 15 de fevereiro na capital alemã. O filme é o único brasileiro na competição e o terceiro da América do Sul, junto com San Cristóbal, de Omar Zúñiga Hidalgo, do Chile, e The Mad Half Hour, de Leonardo Brzezicki, uma coprodução da Argentina e da Dinamarca.

Leia também:

Curta brasileiro é finalista na disputa por uma vaga no Oscar

Cannes: curta brasileiro filmado em Alagoas ganha elogios

Com oito minutos, Mar de Fogo propõe uma reflexão a partir do clássico nacional Limite (1930), do cineasta Mário Peixoto. De acordo com a organização do festival, os filmes selecionados refletem as condições sociais e políticas atuais, como as consequências individuais do acidente nuclear de Fukushima, no Japão, em 2011, e o dia a dia de um campo de refugiados sírios no Líbano.

Os jurados da categoria serão a documentarista indiana Madhusree Dutta, o artista turco Halil Altındere e a produtora cingapuriana Wahyuni A. Hadi.

Confira os indicados ao Urso de Ouro de melhor curta metragem no Festival de Berlim:

Mar de Fogo (Sea of Fire) – Joel Pizzini (Brasil)

Architektura – Ulu Braun (Alemanha)

Bad at Dancing – Joanna Arnow (EUA)

Blood Below the Skin – Jennifer Reeder (EUA)

Chitrashala (House of Painting) – Amit Dutta (Índia)

Däwit (Daewit) – David Jansen (Alemanha)

Dissonance – Till Nowak (Alemanha)

Hosanna – Na Young-kil (Coreia do Sul)

La Isla está Encantada con Ustedes (The Island is Enchanted with You) – Alexander Carver e Daniel Schmidt (EUA/Suíça/Austrália)

El Juego del Escondite (Hide & Seek) – David Muñoz (Espanha)

Kamakshi – Satindar Singh Bedi (Índia)

Lama? (Why?) – Nadav Lapid (Israel)

Lembusura – Wregas Bhanuteja (Indonésia)

Lo Sum Choe Sum (3 Year 3 Month Retreat) – Dechen Roder, (Butão)

maku (veil) – Yoriko Mizushiri (Japão)

The Mad Half Hour – Leonardo Brzezicki (Argentina/Dinamarca)

Of Stains, Scrap & Tires – Sebastian Brameshuber (Áustria/França)

Pebbles at Your Door – Vibeke Bryld (Dinamarca)

Planet Ʃ – Momoko Seto (França)

San Cristóbal – Omar Zúñiga Hidalgo (Chile)

Shadowland – John Skoog (Súecia)

Snapshot Mon Amour – Christian Bau (Alemanha)

Superior – Erin Vassilopoulos (EUA)

Symbolic Threats – Mischa Leinkauf, Matthias Wermke e Lutz Henke (Alemanha)

Take What You Can Carry – Matt Porterfield (EUA)

The – Billy Roisz e Dieter Kovačič (Austria)

YúYú – Marc Johnson (França/Espanha/EUA)