Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Críticos de VEJA elegem as melhores séries de 2017

A lista séries de televisão da revista vai de assassinos em série a caubóis, passando pelo Vaticano

Na edição especial de retrospectiva de VEJA, os críticos da revista elegeram os três melhores seriados de 2017.

Mindhunter, da Netflix, por exemplo, ficou em primeiro lugar. Clique aqui para ver os outros.

Sobre Mindhunter:

Tipo almofadinha e nerd, com abertura para trocas de experiências (inclusive sexuais) com a intelectualidade progressista, o agente Holden Ford (Jonathan Groff) é um corpo estranho no FBI. Enquanto seus pares seguem velhos métodos contra o crime, ele tem inquietações avançadas demais para os anos 70: quer entender por que há uma epidemia de assassinos que agem sem motivação aparente — e, sobretudo, compreender a mente desses criminosos. Mindhunter, do americano David Fincher, impõe-se como a melhor série de 2017 pela dupla sacada de captar o momento em que o termo “assassino em série” entrou em voga e se desenrolar como uma crônica da gênese da moderna ciência criminal. Os diálogos entre Ford e psicopatas reais como Ed Kemper (o monumental Cameron Britton) são o tempero que dá liga a essa iguaria rara da TV.

Assine agora o site para ler na íntegra esta reportagem e tenha acesso a todas as edições de VEJA:

Ou adquira a edição desta semana para iOS e Android.
Aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.