Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristina Serra deixa a Globo após 26 anos: ‘Vamos em frente’

Jornalista cobriu Brasília por boa parte da sua carreira na emissora carioca

A jornalista Cristina Serra está de saída da Globo após 26 anos na emissora carioca. Em seu perfil no Facebook, a jornalista se despediu e agradeceu aos colegas. “Encerro hoje meu contrato com a Rede Globo”, escreveu. “Aos amigos e parceiros que tanto me ensinaram, com generosidade e enorme competência, meu mais afetuoso muito obrigada. A vida abre novas trilhas. A elas, pois. E, como eu vivo dizendo ao meu filho: vamos em frente! Com coragem e alegria. Sempre.”

Cristina começou a atuar como repórter aos 19 anos, no jornal Resistência, uma publicação da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1983 e, enquanto esperava transferência da Universidade Federal do Pará para a Universidade Federal Fluminense trabalhou em um banco para se manter. Estagiou nos jornais O Globo, Tribuna da Imprensa e Jornal do Brasil, onde acabou contratada como repórter de política.

Passou por VEJA e voltou ao Jornal do Brasil antes de ser contratada pela Globo. No canal, passou pelo RJTV e Bom Dia Rio, mas voltou para o JB em 1994 para cobrir política novamente, em Brasília. No ano seguinte, foi recontratada pela Globo e continuou atuando em Brasília, com entradas diárias no Jornal Hoje. Virou correspondente em Nova York em 2002, onde atuou por três anos. Em seguida, voltou a Brasília, onde trabalhava até agora.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sem Patrocínio, Enxuga A Folha
    De Pagamento E Perde Bons
    Profissionais…

    Curtir

  2. Sem Bons Profissionais,
    Perde Patrocínio E Enxuga
    A Folha De Pagamento…

    Curtir

  3. Sem Patrocínio
    Sem Profissionais
    Game Over !

    Curtir

  4. rogerio martis

    perder um emprego bom desse na globo, numa situação em que se encontra o país, não é nada legal…. se continuar como jornalista, arranjando outro emprego, ainda tem chance de se dar bem. Mas se pensar em virar empreendedora, ter o proprio negocio, etc. entao, vai acabar com suas economias e sua vida.

    Curtir