Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Criador de ‘House of Cards’ apoia ator que acusou Kevin Spacey

Anthony Rapp afirmou que foi assediado pelo protagonista da série da Netflix aos 14 anos

O criador de House of Cards, Beau Willimon, se pronunciou sobre a acusação de assédio sexual que pesa sobre o astro da série da Netflix, Kevin Spacey. Em entrevista ao site americano Buzzfeed, o ator Anthony Rapp afirmou que foi assediado por Spacey aos 14 anos. Em uma mensagem publicada em seu perfil no Twitter, Willimon afirmou seu apoio a Rapp.

“A história de Anthony Rapp é altamente preocupante”, escreveu o produtor. “Durante o período em que trabalhei com Kevin Spacey em House of Cards, eu não testemunhei e nem fiquei sabendo de nenhum comportamento inapropriado no set de filmagem ou fora dele. Dito isso, eu levo a sério denúncias desse tipo de comportamento e essa não será exceção. Sinto muito pelo senhor Rapp e apoio sua coragem.”

Rapp afirmou que havia sido convidado para uma festa no apartamento de Spacey. Com o passar da noite, só depois de um tempo percebeu que era o único convidado que ainda não tinha ido embora, ficando a sós com o ator. Segundo Rapp, Spacey se aproximou, bêbado, e o pegou no colo, depois deitando-se sobre ele. “Ele estava tentando ficar comigo sexualmente”, disse Rapp, antes de contar que conseguiu se esquivar de Spacey e ir embora.

O protagonista de House of Cards publicou uma declaração em seu perfil no Twitter pedindo desculpas a Rapp, mas dizendo não se lembrar da situação. O pedido de desculpas, porém, tem sido altamente criticado nas redes sociais porque Spacey revelou, na mesma mensagem, que é gay. O ator agora está sendo acusado de relacionar sua orientação sexual com violência e assédio.