Clique e assine com 88% de desconto

Courtney Love diz ter encontrado avião desaparecido

A cantora postou uma imagem de satélite que diz ter sido tirada de uma distância de 1,6 quilômetro da região onde o avião foi rastreado pela última vez

Por Da Redação - 17 mar 2014, 22h56

Courtney Love quis dar a sua contribuição nas buscas pelo Boeing 777, que desapareceu no início de março, após decolar do aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia. A cantora postou uma imagem de satélite em sua página no Facebook, dizendo que parecia ter encontrado o avião.

Leia também:

Buscas por avião desaparecido envolvem agora 25 países

Malásia admite que avião voou por horas após desaparecer

Publicidade

“Não sou especialista, mas olhando de perto parece um avião e uma mancha de óleo”, escreveu Courtney na legenda da foto, retirada do site Tomnod, que foi desenvolvido para ajudar em tragédias – como a do desaparecimento da aeronave. Segundo a cantora, a foto foi tirada de uma distância de 1 milha, ou aproximadamente 1,6 quilômetro, da região de Pulau Perak, local onde o avião foi rastreado pela última vez.

Imagem postada pela cantora Courtney Love, que diz ter encontrado avião desaparecido
Imagem postada pela cantora Courtney Love, que diz ter encontrado avião desaparecido VEJA

A equipe do site Tomnod, no entanto, não parece muito animada com a contribuição de Courtney. Em sua página no Facebook, foi reproduzida a imagem da cantora com a legenda: “Às vezes, nossos olhos veem o que nós queremos que eles vejam. Recebemos uma notificação sobre o mapa. Embora seja uma dica interessante, a imagem parece retratar barcos que estão operando na região. Continuem com o bom trabalho.”

Leia também:

Autobiografia de Courtney Love terá drogas, Kurt Cobain e vida de stripper

Publicidade

Courtney Love volta aos palcos no festival de Sundance

Vinte e cinco países estão envolvidos nas buscas pelo avião da Malaysia Airlines que desapareceu em 8 de março com 239 pessoas a bordo. Autoridades da Malásia afirmaram neste domingo que entraram em contato com uma série de países, como Bangladesh, Paquistão, Uzbequistão e França, para que se incorporem à busca.

Publicidade