Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cosby foi injustamente acusado e não quer acordo, diz defesa

Comediante denunciado por abuso sexual está de bom humor e confia que será inocentado, diz advogada, em entrevista à emissora NBC

O ator americano Bill Cosby foi injustamente acusado de abuso sexual, mas está de bom humor e confia que será inocentado, declarou nesta quinta-feira a sua advogada. “Meu cliente não é culpado e não estamos buscando qualquer tipo de acordo”, garantiu Monique Pressley em entrevista à rede NBC, quando questionada se ele iria se declarar culpado para negociar uma sentença mais branda. Bill Cosby, de 78 anos, foi denunciado formalmente na quarta-feira pelo procurador do condado de Montgomery, na Pensilvânia. Se for condenado, pode pegar até dez anos de prisão.

Leia também:

Bill Cosby é fichado e paga fiança para responder em liberdade por abuso sexual

“Ele foi acusado injustamente de um crime. É algo difícil para ele, mas está de bom humor e sabe que tem uma equipe de advogados que vai defendê-lo até que seja declarado inocente”, afirmou a advogada. A queixa contra o ator foi feita por Andrea Constand, ex-treinadora da equipe de basquete da universidade de Temple, na Pensilvânia. Segundo a promotoria, a vítima, que hoje tem 42 anos, foi à casa de Cosby em 2004 e, após resistir ao assédio, foi drogada e molestada.

A procuradoria anunciou a acusação formal poucos dias antes do vencimento do prazo de 12 anos que a lei da Pensilvânia estipula para que prescreva um crime sexual. Bill Cosby se apresentou na quarta-feira perante um juiz para pagar 10% da sua fiança, fixada em um milhão de dólares, antes de ir a uma delegacia de polícia, para ter suas impressões digitais e foto tiradas. Uma nova audiência foi marcada para 14 de janeiro.

Há um ano, Cosby tem sido alvo de inúmeras ações judiciais. Cerca de cinquenta mulheres o acusaram de abuso sexual. Ele nega, e recentemente abriu um processo contra sete mulheres afirmando que elas mentiram e o difamaram. Cosby foi durante as décadas de 1960, 1970 e 1980 uma referência da comédia televisiva nos Estados Unidos.

Presente de Natal – Também nesta quinta-feira, uma advogada de diversas mulheres que acusam o comediante afirmou que vê-lo indiciado foi o “melhor presente de Natal” que as suas clientes já tiveram e que muitas delas estão dispostas a testemunhar contra ele. A advogada Gloria Allred, que representa 29 mulheres em ações civis contra Cosby, disse à imprensa em Los Angeles que continuaria a trabalhar para eliminar as restrições legais que impedem o processo por crimes sexuais. “Se o promotor decidir que é relevante e admissível convocar qualquer uma das minhas clientes como testemunha, eu sei que muitas delas estarão dispostas a testemunhar, e esperamos um resultado justo”, disse.

(Com AFP e Reuters)