Clique e assine com 88% de desconto

Corpo de Beth Carvalho é velado na sede do Botafogo

Sambista, que morreu na terça, aos 72 anos, também terá cortejo em carro de bombeiros

Por Redação - Atualizado em 1 maio 2019, 11h37 - Publicado em 1 maio 2019, 09h43

O corpo da cantora Beth Carvalho, que morreu na tarde de terça-feira 30, aos 72 anos, é velado desde as 10h desta quarta-feira, 1º de maio, no salão nobre do Botafogo de Futebol e Regatas, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O Botafogo era o clube de coração da sambista.

A cerimônia acontece até as 16h e, depois, a artista será levada para cremação no Cemitério do Caju, na Zona Norte da cidade, com cortejo em carro aberto do Corpo de Bombeiros.

Beth Carvalho estava internada desde 8 de janeiro no Hospital Pró-Cardíaco, no Rio, e foi vítima de uma infecção generalizada. A notícia foi dada pelo empresário, Afonso Carvalho, que informou que ela estava “cercada do amor de seus familiares e amigos”. Carvalho agradeceu as manifestações de carinho e solidariedade dos fãs e ressaltou o legado artístico deixado pela cantora e compositora, que em 2009 recebeu um Grammy pelo conjunto da obra.

Conhecida como “madrinha do samba”, Beth Carvalho ajudou a revelar grandes nomes da música popular brasileira, incluindo Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Jorge Aragão. Ao longo de cinco décadas de carreira, ela lançou mais de trinta álbuns.

Publicidade