Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Consultores que confundiram envelopes não voltarão ao Oscar

Um porta-voz da PWC confirmou que os dois estão fora das próximas cerimônias cinematográficas, mas seguirão trabalhando na companhia

Os dois consultores de Pricewaterhousecoopers (PWC) responsáveis pelo erro ocorrido na cerimônia de entrega do Oscar, na categoria de melhor filme, não voltarão a fazer parte da equipe que a companhia destina a este evento.

Embora Martha Ruiz e Brian Cullinan continuem vinculados à Pwc, “já não estarão na equipe que trabalha para a Academia de Hollywood”, assegurou a CNN.

Um porta-voz da empresa de consultoria confirmou também ao jornal Los Angeles Times que os dois trabalhadores não voltarão a participar da cerimônia cinematográfica, mas seguirão sendo membros da companhia.

A PWC, uma das principais empresas de consultoria do mundo, tem a Academia de Hollywood como cliente há 83 anos, o que incluiu a gestão e custódia dos envelopes com os nomes dos ganhadores da cerimônia dos Oscar que acontece todos os anos.

Na festa dos prêmios Oscar realizada no domingo passado, Cullinan entregou aos atores Faye Dunaway e Warren Beatty um envelope errado, o que os levou a proclamar La La Land como melhor filme, quando o prêmio tinha sido concedido a Moonlight: Sob a Luz do Luar.

Após o erro, a PWC assumiu em mensagem em sua conta no Twitter “a total responsabilidade pela série de erros dos protocolos estabelecidos durante a noite do Oscar”.

“Cullinan se equivocou e entregou o envelope com o prêmio de Melhor Atriz ao invés do de Melhor Filme” aos encarregados de anunciar o último prêmio da noite, assegurou a firma.

Cullinan é desde 2014 o membro da PWC responsável pela relação da companhia com a Academia de Hollywood, incluindo a apuração dos votos, segundo destaca a página oficial da companhia.

Ruiz, que está há 19 anos na PWC, é a corresponsável do processo de apuração e ambos eram os encarregados de dar os envelopes com os nomes dos ganhadores aos apresentadores da festa.

Veículos de imprensa americanos afirmam que a PWC e a Academia de Cinema de Hollywood decidirão em 29 de março o futuro da parceria.

(Com Agência EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Não se pode condenar uma empresa do porte da PWC, por uma falha de dois tontos.

    Curtir

  2. Luís Fernando Alves da Silva

    Mas pode se condenar qualquer empresa por contratar dois tontos

    Curtir

  3. José Carlos Lopes de Oliveira

    Eles eram do STF? Prá fazer tamanha cagada…

    Curtir