Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confira o cartaz de ‘Cidades de Papel’, nova adaptação de John Green

O longa é baseado no livro de mesmo nome do autor de ‘A Culpa É das Estrelas’

Cidades de Papel Cidades de Papel

Cidades de Papel (/)

O estúdio Fox Film do Brasil divulgou o cartaz brasileiro do longa Cidades de Papel, estrelado pela modelo Cara Delevingne e Nat Wolf, o mesmo de A Culpa É das Estrelas. Previsto para ser lançado em julho, o longa dirigido por Jake Schreier (Frank e o Robô) terá o primeiro trailer disponível na próxima semana, no dia 19 de março.

Leia também:

Cara Delevingne será protagonista de ‘Cidades de Papel’

John Green terá outro livro adaptado para o cinema

‘Cidades de Papel’, de John Green, tem diretor definido

Baseado no romance de John Green, Cidades de Papel conta a história de Quentin (Nat Wolf), um garoto apaixonado por sua vizinha, Margo (Cara Delevingne), com quem dividiu uma experiência traumática na infância: os dois encontraram o corpo de um homem que havia cometido suicídio. Conforme os anos passam, eles se afastam até que, um dia, a menina aparece misteriosamente na casa de Quentin pedindo ajuda para se vingar de todas as pessoas que haviam feito algum mal a ela. Depois de uma noite de aventuras, Margo desaparece e Quentin decide ir em busca da garota. O best-seller de Green é uma história sobre o amadurecimento e os verdadeiros significados de amizade e do amor.

‘A Culpa É das Estrelas’

Lançado em junho, o drama baseado no best-seller de John Green é, até o momento, o filme com o maior número de espectadores no Brasil em 2014. No total, 6,2 milhões de pessoas foram aos cinemas do país ver o romance entre dois adolescentes que se conhecem em um grupo de apoio para jovens com câncer. A bilheteria fechou com estonteantes 69 milhões de reais arrecadados, valor que coloca o Brasil como o segundo mercado mais rentável para o longa, atrás apenas dos Estados Unidos. 

‘Harry Potter’

A franquia cinematográfica de Harry Potter, composta por oito filmes, é um fenômeno mundial, que soma em bilheteria 7,7 bilhões de dólares. No Brasil, a saga arrecadou cerca de 235 milhões de reais. Baseados nos livros da britânica J.K. Rowling, os filmes do bruxinho alcançaram lugares pomposos nos rankings nacionais. As duas partes do episódio final da saga, Harry Potter e as Relíquias da Morte 1 e 2, ficaram em quinto e terceiro lugar, respectivamente, nas bilheterias totais de 2010 e 2011 no Brasil. 

‘Crepúsculo’

Os quatro filmes da saga vampiresca arrecadaram, juntos, 3,3 bilhões de dólares pelo mundo. O Brasil foi um colaborador generoso para o sucesso da série. Os longas somam por aqui 268 milhões de reais em bilheteria, valor que supera a soma da receita nacional dos oito filmes de Harry Potter. O episódio final, Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2, teve 9,4 milhões de expectadores e renda de 99,4 milhões de reais. 

‘Jogos Vorazes’

Baseada na série de livros de Suzanne Collins, a saga Jogos Vorazes chega em 2014 ao seu terceiro e penúltimo filme. Os dois anteriores, Jogos Vorazes e Jogos Vorazes: Em Chamas, levaram 5,5 millhões de espectadores aos cinemasbrasileiros, somando 59 milhões de reais. A expectativa é de que o novo episódio, Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, leve, sozinho, 5 milhões de fãs às salas escuras nacionais. No mundo, a série soma 1,5 bilhão de dólares em bilheteria global. 

‘Confissões de Adolescentes – O Filme’

O rito de passagem de quatro garotas pela adolescência é o tema do filme baseado no livro de Maria Mariana, que já foi visto no teatro e fez sucesso na televisão nos anos 1990, em uma série exibida pela TV Cultura. Com direção assinada por Daniel Filho e Cris D’Amato, a produção alcançou a sétima posição entre os longas nacionais mais assistidos no cinema em 2014, somando 8,6 milhões de reais em bilheteria.  

‘Maze Runner – Correr ou Morrer’

Lançado em setembro de 2014, a trama distópica adaptada do livro de James Dashner arrecadou 17,4 milhões de reais em bilheteria no Brasil, totalizando 1,5 milhão de espectadores. O valor coloca o país entre as dez maiores rendas do filme no mundo. Colaboração importante, já que a receita total, de 324 milhões de dólares globais, levou o filme a ganhar uma sequência, programada para setembro de 2015. Na trama, um grupo de garotos é preso, sem memória, em uma clareira cercada por um labirinto intransponível. 

‘Divergente’

Baseada na trilogia de Veronica Roth, a série Divergente ganhou seu primeiro filme em 2014, com 288,7 milhões de dólares em bilheteria mundial. No Brasil, a trama levou 1,2 milhão de pessoas aos cinemas, arrecadando 14,3 milhões de reais. Provável sucessor de Jogos Vorazes na preferência do público adolescente, Divergente narra a história de jovens que vivem em uma sociedade distópica, onde as pessoas são controladas pelos líderes locais, através de soros de simulação.