Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Compradora do quadro destruído por Banksy quer ficar com a obra

Tela foi adquirida em leilão por 5 milhões de reais, pouco antes de se autodestruir

A compradora do quadro Garota com Balão, de Banksy, agora renomeado para Love Is in the Bin (O Amor está no Lixo, em tradução literal), decidiu que quer ficar com a obra adquirida por ela em leilão, pouco antes da tela ser parcialmente destruída.

Uma mulher europeia, que prefere não se identificar, foi quem deu o lance de 1 milhão de libras (5 milhões de reais) pelo quadro durante um leilão da Sotheby. Assim que bateram o martelo, um picotador de papel instalado pelo misterioso artista na base da moldura foi ativado, cortando boa parte da tela em tiras. Em seu perfil no Instagram, o artista, que não mostra o rosto, publicou um vídeo em que explica por que e como instalou o aparato no quadro de 2006. 

Se a ideia de Banksy, que se diz contrário ao milionário mercado de leilão de artes, era desvalorizar a obra, o efeito foi contrário. A tela ganhou novo significado, se tornando parte de uma performance artística. Sendo assim, a casa de leilão acredita que a obra, agora, vale o dobro.

“Quando o martelo bateu e a obra se desfez, inicialmente eu fiquei chocada. Mas, aos poucos, comecei a perceber que eu acabaria dona de uma parte da história da arte”, diz a compradora ao The Guardian.

Antes de entregar a obra à nova dona, o quadro será exposto na galeria da Sotheby, em Londres, neste fim de semana, 13 e 14 de outubro.