Clique e assine a partir de 9,90/mês

Comediante Trevor Noah substitui Jon Stewart no ‘The Daily Show’

Por Da Redação - 30 mar 2015, 16h43

O comediante de stand-up sul-africano Trevor Noah, 31 anos, substituirá o humorista Jon Stewart no talk-show noturno The Daily Show, do canal americano Comedy Central. O anúncio foi feito nesta segunda-feira no Twitter do programa. “Muito animados em receber nosso novo anfitrião: @trevornoah!”, diz a mensagem publicada pela produção no microblog. A data exata para a troca será anunciada “posteriormente”, indicou o Comedy Central em um comunicado.

LEIA TAMBÉM:

Último programa de David Letterman tem data definida

Stephen Colbert vai substituir David Letterman em 2015

Continua após a publicidade

“Ninguém pode substituir Jon Stewart. Mas, junto com a incrível equipe do The Daily Show, continuaremos fazendo deste o melhor programa de notícias”, disse Noah, também no Twitter. Já Jon Stewart disse em comunicado se sentir “extremamente contente pelo programa e por Trevor”. “É um humorista fantástico”, afirmou o apresentador, que se lançou recentemente no cinema dirigindo o longa Rosewater, sobre a detenção de um jornalista no Irã.

A nomeação de Trevor Noah foi uma surpresa. O jovem chegou a fazer algumas aparições no Daily Show como colaborador, mas não é uma figura familiar da televisão americana. Ele mesmo expressou surpresa, ao dizer para o jornal TheNew York Times não ter acreditado no convite “nas primeiras horas”.

Nascido em Soweto, em pleno reguime de apartheid, de mãe sul-africana negra e pai suíço e branco, Noah começou a se dedicar muito cedo à comédia e em 2012 chegou ao mercado americano se apresentando pela primeira vez no The Tonight Show. Um ano depois, estava em outro programa famoso, o Late Show with David Letterman. Antes do convite para o The Daily Show, Noah vinha apresentando às terças-feiras seu talk show humorístico em Mascate (Omã). Para abril, ele tem programada uma série de espetáculos em Arlington (Virgínia, leste dos EUA) e West Nyack (ao norte de Nova York).

(Com agência France-Presse)

Publicidade