Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com desfile impecável, Vila Isabel desponta como favorita

Vila e Mangueira fizeram as apresentações mais emocionantes da noite de domingo. Perda de seis décimos com estouro do tempo, no entanto, deve prejudicar a verde-e-rosa. Beija-Flor, Salgueiro e Unidos da Tijuca, como era esperado, também têm chance entre as primeiras colocadas

A apuração do desfile das escolas de samba do Rio acontece na tarde da Quarta-Feira de Cinzas, com o capítulo final da sempre dramática – e muitas vezes questionada – avaliação final dos jurados. Em São Paulo, a campeã do carnaval será conhecida nesta terça-feira

Na era dos enredos patrocinados, as escolas de samba têm concentrado esforços em novos quesitos, que passam longe dos mapas de notas dos julgadores: gestão, captação, orçamento, marketing e por aí vai. Em 2013, os desfiles do Grupo Especial confirmaram o favoritismo daquelas que adotaram a lógica empresarial: Beija-Flor, Salgueiro, Vila Isabel e Unidos da Tijuca devem ocupar as primeiras colocações, como era esperado. No entanto, um velho e esquecido quesito voltou a protagonizar a festa: o samba.

Tijuca e Salgueiro duelam na primeira noite da Sapucaí

Responsável pelo melhor desfile do ano, a Unidos de Vila Isabel recebeu um patrocínio de 3,5 milhões de reais para falar da agricultura no país, o que acabou resultando num desfile sobre a vida no campo. Apesar da verba, as alegorias da agremiação estavam longe de serem luxuosas. Tinham, no entanto, a marca da talentosa carnavalesca Rosa Magalhães. A escola também foi uma das poucas que cruzaram a Marquês de Sapucaí sem cometer erros.

Galeria de imagens – Musas do Carnaval 2013

O maior mérito da Vila Isabel foi ter conquistado o público – uma tarefa cada vez mais difícil. E o fio condutor dessa empatia com as arquibancadas foi o samba-enredo, exceção em um ano de refrões sacrificados por temas pouco carnavalescos e melodias que a plateia custou a assimilar. Assinada por André Diniz, Martinho da Vila, Arlindo Cruz, Tunico e Leonel, a obra fez a diferença e transformou o desfile da Vila numa empolgante festa a céu aberto.

Enquete: Que escola de samba deve ser a campeã no Rio?

Só a Mangueira chegou a emocionar mais do que a Vila, com a ousadia de levar duas baterias para a avenida – um recurso que indiscutivelmente assumiu o primeiro plano na apresentação da verde-e-rosa. Em vários momentos, a bateria oficial ‘Surdo Um’ da Estação Primeira silenciava para que uma outra, sem microfonação, conduzisse o samba. A inovação foi a grande sensação desse carnaval, mas deve custar caro: parte dos componentes se perdeu, atravessou o samba e calou-se para espanto geral nos setores 4 e 5. Os aplausos de apoio do público minimizaram o constrangimento, mas não devem redimir a Mangueira do crivo dos julgadores das duas primeiras cabines. O pior veio depois, quando a Mangueira teve um dos carros presos na torre dos fotógrafos e acabou estourando o tempo de desfile em seis minutos, um prejuízo de seis décimos.

A Beija-Flor, que também desfilou nesta segunda-feira, apresentou um desfile patrocinado sobre o cavalo Mangalarga Marchador. A escola de Nilópolis esteve impecável plasticamente, mostrando que investiu bem seus recursos. A agremiação, no entanto, apresentou problemas de evolução e deve ser punida por ter estourado o limite de alegorias, devido à desacoplagem de um carro alegórico. De qualquer forma, está forte na briga pelo título, apesar de também não ter contagiado o público como se espera no desfile de uma campeã de tantos carnavais.

Domingo – Além de Vila e Beija-Flor, o Salgueiro também se credenciou para disputar o título com um belo desfile no domingo. As alegorias e fantasias do carnavalesco Renato Lage encantaram mais uma vez. E a vermelha-e-branca também não cometeu erros. Diferentemente da atual campeã Tijuca, que jogou fora um bom desfile em decorrência de problemas com alegorias na pista.

Na noite desta segunda-feira, também desfilaram São Clemente, Grande Rio e Imperatriz Leopoldinense. Sem dúvida, a Imperatriz foi a grata surpresa da noite, voltando a apresentar um bom desfile depois de muito tempo. Tem grandes chances de ficar entre as seis primeiras e participar do Desfile das Campeãs.

Leia também:

Na segunda noite, escolas de SP se perdem em referências

Escolas de SP homenageiam cariocas na primeira noite

São Paulo, a campeã do carnaval será conhecida nesta terça-feira