Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Game Of Thrones’ massacra no Emmy: 23 indicações

Série de fantasia da HBO lidera nomeações ao prêmio que elege os melhores da TV americana

Com finalistas em 23 categorias, a série Game Of Thrones, da HBO, dona do Emmy de melhor série dramática na edição passada do prêmio, detém o maior número de indicações ao 68º Emmy Awards. Em segundo lugar, com 22 indicações, está The People v. O.J. Simpson: American Crime Story, produção da FX. Fargo teve 18 indicações, e Veep, vencedora do Emmy de série cômica do ano passado, também da HBO, tem 17 finalistas na lista divulgada esta manhã, em Los Angeles. O humorístico Saturday Night Live tem 16 indicações e House Of Cards, da Netflix, aparece com 13 nomeações, incluindo a de melhor série dramática e melhor ator, para Kevin Spacey.

Leia também:
‘Game of Thrones’: os números da épica ‘batalha dos bastardos’
‘Game of Thrones’: 7ª temporada vai atrasar, dizem criadores
Indicados ao Emmy 2016 – (Lista completa de Séries e Minisséries)

A HBO lidera novamente o número de indicações, com 94 produções entre todas as categorias, incluindo as técnicas. Mas caiu em relação ao ano passado, quando somava 126 finalistas.

Já a Netflix, que almeja postos mais altos nesse Olimpo, tem agora 54 finalistas, vinte a mais que em 2015. Entre HBO e Netflix, está a FX Networks, com 38.

A cerimônia de entrega da 68ª edição do prêmio, quando os vencedores serão conhecidos, está marcada para 18 de setembro no Microsoft Theater (antigo Nokia Theatre), em Los Angeles, nos Estados Unidos, com Jimmy Kimmel no papel do mestre de cerimônias.

Confira abaixo os indicados nas principais categorias do Emmy – para a lista completa, clique aqui:

Melhor série cômica
Black-ish (ABC)
Master of None (Netflix)
Modern Family (ABC)
Silicon Valley (HBO)
Transparent (Amazon)
Unbreakable Kimmy Schmidt (Netflix)
Veep (HBO)

 

Melhor série dramática
Better Call Saul (AMC)
Downton Abbey (PBS)
Game of thrones (HBO)
Homeland (Showtime)
House of Cards (Netflix)
Mr. Robot (USA)
The Americans (FX)

 

Melhor ator em série dramática
Kyle Chandler, por Bloodline (Netflix)
Rami Malek, por Mr. Robot (USA)
Bob Odenkirk, por Better Call Saul (AMC)
Matthew Rhys, por The Americans (FX)
Liev Schreiber, por Ray Donovan (Showtime)
Kevin Spacey, por House of Cards (Netflix)

 

Melhor atriz em série dramática

Claire Danes, por Homeland (Showtime)
Viola Davis, por How to Get Away with Murder (ABC)
Taraji P. Henson, por Empire (FOX)
Tatiana Maslany, por Orphan Black (BBC)
Keri Russell, por The Americans (FX)
Robin Wright, por House of Cards (Netflix)

 

Melhor ator em série cômica
Anthony Anderson, por Black-ish (ABC)
Aziz Ansari, por Master of None (Netflix)
Will Forte, por Last Man on Earth (FOX)
William H. Macy, por Shameless (Showtime)
Thomas Middleditch, por Silicon Valley (HBO)
Jeffrey Tambor, por Transparent (Amazon)

 

Melhor atriz em série cômica
Ellie Kemper, por Unbreakable Kimmy Schmidt (Netflix)
Julia Louis-Dreyfus, por Veep (HBO)
Laurie Metcalf, por Getting On (HBO)
Tracee Ellis Ross, por black-ish (ABC)
Amy Schumer, por Inside Amy Schumer (Comedy Central)
Lily Tomlin, por Gracie And Frankie (Netflix)

 

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV
Felicity Huffman, por American Crime (ABC)
Lili Taylor, por American Crime (ABC)
Kerry Washington, por Confirmation (HBO)
Kirsten Dunst, por Fargo (FX)
Audra McDonald, por Lady Day at Emerson’s Bar & Grill (HBO)
Sarah Paulson, por The People v. O.J. Simpson: American Crime Story (FX)

Melhor ator em série limitada ou filme para TV
Bryan Cranston, por All The Way (HBO)
Idris Elba, por Luther (BBC America)
Tom Hiddleston, por The Night Manager (AMC)
Courtney B. Vance, por The People v. O.J. Simpson: American Crime Story (FX)
Cuba Gooding, Jr., por The People v. O.J. Simpson: American Crime Story (FX)
Benedict Cumberbatch, por Sherlock: The Abominable Bride (PBS)

 

(Com Estadão Conteúdo)