Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chris Brown volta ao Grammy, mas evita falar de Rihanna

Três anos após ser condenado pela agressão da ex-namorada na véspera do Grammy, o rapper volta a se apresentar na premiação deste domingo

Três anos após a agressão contra a cantora Rihanna na véspera do Grammy 2009, em que se apresentaria com ela em show que acabou cancelado, o rapper americano Chris Brown deve cantar na premiação na noite deste domingo, em Los Angeles. Brown também concorre a três categorias na premiação. Apesar do retorno, a passagem do rapper pelo tapete vermelho só renderá algumas fotos, já que o cantor quer evitar perguntas sobre sua ex-namorada.

Uma fonte próxima a Brown disse ao site americano RadarOnline que ele só falará publicamente caso ganhe o prêmio. “Chris espera que essa apresentação feche esse capítulo da vida dele”, disse a fonte.

Depois da agressão, Chris Brown foi condenado a cinco anos de liberdade condicional e 180 dias de trabalho comunitário, e recebeu ordem para manter distância da ex, que já foi suspensa. Nesta semana, um relatório feito pelo seu oficial de condicional disse que o cantor tem se mantido na linha. “Brown tem comparecido a seus compromissos com seu supervisor, se mantido verdadeiro e cooperativo e livre de substâncias ilíticas”.