Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casa de ‘Curtindo a Vida Adoidado’ é vendida por R$ 2,3 mi

O valor é menos da metade do que foi pedido há cinco anos, quando a residência foi colocada à venda

Após cinco anos no mercado, a casa de vidro do filme Curtindo a Vida Adoidado (1986) conseguiu um comprador que pagou um preço considerado uma pechincha pela famosa residência: 1,06 milhões de dólares (cerca de 2,3 milhões de reais). O valor é menos da metade dos 2,35 milhões de dólares (cerca de 5,27 milhões de reais) pedidos inicialmente. As informações são do site Chicago Business.

​No filme, a residência é propriedade do pai de Cameron (Alan Ruck), melhor amigo do protagonista Ferris (Matthew Broderick). Uma das cenas mais lembradas do longa acontece no local, quando Cameron ataca a superprotegida Ferrari da família e o veículo “voa” por uma das paredes de vidro e cai em uma encosta.

Leia também:

Com desconto milionário, DiCaprio vende mansão na praia

Ator de ‘Curtindo a Vida Adoidado’ é condenado por crime sexual

Segundo a revista americana Chicago Magazine, a casa, localizada em Highland Park, estaria com a estrutura danificada em vários cômodos, o que dificultou a realização da venda. Outro empecilho seria a divisão da construção em dois módulos que não possuem uma passagem física fechada entre si, um problema para uma cidade com inverno rigoroso.

Casa do filme 'Curtindo a Vida Adoidado' Casa do filme ‘Curtindo a Vida Adoidado’

Casa do filme ‘Curtindo a Vida Adoidado’ (/)

“O que vendeu a casa não foi a fama da propriedade, mas sim sua arquitetura”, diz o corretor Craig Hogan, que afirma que fãs do filme costumam visitar o local para ver o espaço de onde a Ferrari foi lançada. “Vendemos a residência para um casal de arquitetos que querem reformar o local.”

Confira abaixo a cena do filme gravada na casa: