Cantora de grupo pop japonês raspa a cabeça como punição

Integrante do AKB48 posta no YouTube pedido público de desculpas por quebrar promessa de castidade feita em contrato

Por Da Redação - 1 fev 2013, 18h39

A cantora japonesa Minami Minegishi, 20 anos, integrante da banda pop AKB48, postou um vídeo no YouTube na última quinta-feira pedindo desculpas públicas por ter passado a noite com um garoto. Minami tinha um contrato com seu grupo, composto por meninas, que as proíbe de manterem relacionamentos amorosos, preservando assim a imagem de pureza que serve como marketing para atrair seguidores que fantasiam com as jovens.

No vídeo, MInami chora enquanto confessa a falha que a levou a se punir raspando o cabelo. Nesta sexta-feira, o criador do grupo, Akimoto Yasushi, revelou que ela será rebaixada dentro da banda, como punição pelo escândalo. “Peço perdão às outras integrantes da AKB48, à minha família, e aos funcionários da minha produtora”, diz Mii-Chan, como é conhecida pelos fãs.

Leia também

Os 10 vídeos de anônimos mais vistos no YouTube

Publicidade

A cantora foi vista no dia 17 de janeiro saindo da casa de Alan Shirahama, cantor de outro grupo pop chamado Generations. A foto foi o início do escândalo que culminou no vídeo que já soma mais de seis milhões de visualizações.

Criado em 2005, o grupo é um dos mais populares entre os jovens no Japão. Com roupas e atitudes sensuais, as garotas dançam e cantam sem os “pudores” exigidos pelo contrato de castidade. Assista abaixo a um vídeo da banda, e ao vídeo em que Minami, de cabeça raspada, pede perdão por seu comportamento (em japonês).

Publicidade