Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câncer e loucura pautam nova peça de Betty Milan

‘Dora Não Pode Morrer’ terá exibição única na próxima terça-feira, no Itaú Cultural, em SP

A escritora, dramaturga e psicanalista Betty Milan estreia na próxima terça-feira, dia 18, no Itaú Cultural, em São Paulo, a peça Dora Não Pode Morrer. Dirigido por Miguel Prata, que também atua, o espetáculo conta com Barbara Riethe e Julia Moretti no elenco. O texto de Betty trata da relação entre a médica que dá nome à peça e que pensa que sua saúde é infalível, e sua irmã, Vera, que enfrentou um câncer e passou a obedecer todas as regras impostas por seu médico.

Leia também:

Livro reúne a produção teatral da psicanalista Betty Milan

Pelo filho, psicanalista Betty Milan faz a sua autoanálise

Dora sofre com um bócio, mas não se preocupa e nem trata da tireoide. Após ser muito pressionada por Vera, ela finalmente vai ao médico e é surpreendida quando o ele considera a possibilidade de um câncer e afirma que precisa operá-la com urgência. Asssustada, ela se recusa e diz que não, ela não pode morrer. Na verdade, Dora não acredita no tratamento, pois seu pai morreu de câncer.

Dora Não Pode Morrer terá exibição única no dia 18, às 20 horas, no Itaú Cultural, localizado na Avenida Paulista, 149. A entrada é gratuita e os ingressos são distribuídos com 30 minutos de antecedência.

(Da redação)