Clique e assine com 88% de desconto

Campanha com ‘moça da água’ da Fiji vai por água abaixo

Modelo, que ficou famosa por aparecer atrás de várias fotos de famosos no Globo de Ouro, está processando a marca por uso indevido de sua imagem

Por Redação - Atualizado em 1 fev 2019, 17h01 - Publicado em 1 fev 2019, 14h56

No início de janeiro, Kelleth Cuthbert (nome artístico de Kelly Steinbach) tornou-se uma celebridade instantânea quando, na noite do Globo de Ouro, apareceu no fundo de todas as fotos de famosos no tapete vermelho usando um vestido azul e segurando uma bandeja com garrafinhas de água da marca Fiji. A campanha de marketing disfarçada de “photobomb” viralizou mas, agora, a modelo está processando a empresa por explorar sua imagem em outras ações sem seu consentimento.

Apenas um dia após o evento, a Fiji teria iniciado uma extensão da campanha espalhando réplicas da “moça da água” (como Kelleth ficou conhecida na internet) feitas em papelão. A modelo, segundo documentos obtidos pelo site The Blast, alega que nunca autorizou o uso de sua imagem em papelão.

Ela ainda afirma que a marca chegou a negociar um acordo com seu agente, mas que deu início à campanha sem que esse acordo tivesse sido fechado. Ela ainda acusa a empresa de “oferecer presentes” para convencê-la a desistir de seus direitos e diz que foi pressionada a gravar um vídeo em que aparecia assinando um documento que a tornava “embaixadora das águas Fiji”. Os advogados da modelo alegam que o documento não era um acordo legal e que ele foi destruído.

Kelleth espera que a marca retire todos os recortes de papelão com seu rosto das ruas e lojas e exige indenização. A Fiji, por sua vez, descreveu o processo como “frívolo” em depoimento dado à revista americana Elle e garantiu que “um acordo generoso” foi negociado com a modelo após a campanha viralizar nas redes sociais. “Estamos confiantes de que vamos prevalecer no julgamento”, disse um representante da marca.

Publicidade