Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Calvin Harris bate boca com Zayn Malik para defender Taylor Swift

DJ discutiu com o ex-One Direction por causa da posição da namorada sobre serviços de streaming

Poucas semanas após a discussão de Taylor Swift e Nicki Minaj no Twitter por causa das indicações ao Video Music Awards, da MTV americana, a cantora de Bad Blood motivou outra troca de farpas na rede social nesta segunda-feira, desta vez entre seu namorado, Calvin Harris, e o ex-One Direction Zayn Malik. Tudo começou quando Malik retuitou uma postagem da conta FemaleTexts que comparava as visões de Taylor e de Miley Cyrus sobre serviços de streaming.

Leia também:

Como Jay Z promoveu a paz entre Taylor Swift e Kanye West

Taylor Swift e Nicki Minaj fazem as pazes após briga no Twitter

Gravadora de Taylor Swift desconhecia carta dela à Apple

A mensagem trazia uma imagem de uma entrevista de Taylor à revista americana Time em que a cantora dizia que os fãs desapontados com a retirada de sua obra do Spotify poderiam comprar sua música no iTunes. Do outro lado, Miley aparecia dizendo que ela já tinha ganhado dinheiro e que ela não se importava se as pessoas comprassem seus discos ou não. O tuíte concluía: “A diferença é espantosa”.

Calvin Harris, ao ver a mensagem sendo repetida por Malik, partiu em defesa da namorada. “Você já ganhou dinheiro? Legal… danem-se os outros 99% dos músicos que precisam desses serviços para sobreviver, não é mesmo? É, danem-se”, ironizou o DJ, que continuou dizendo que Malik não entendia quando artistas de sucesso usavam sua fama para beneficiar outros músicos e compositores da indústria. “Enquanto vocês crianças estão votando no Teen Choice Awards, há algum pobre coitado em um porão criando seu próximo hit favorito enquanto tenta sobreviver. Fique fora das coisas que você não entende.”

Malik apareceu para responder. “Ha, você acabou de se fazer de bobo, amigo. Você claramente não entendeu o que eu quis dizer”, escreveu, direcionando a mensagem a Harris. “Então sugiro que você se acalme antes que sua dentadura caia”, continuou, em referência ao comentário do DJ de que ele seria um adolescente que vota no Teen Choice Awards. Harris viu as mensagens e tentou colocar um fim na discussão. “Tudo bem, foi a frase, não você pessoalmente, amigo.” O ex-One Direction, no entanto, não arrefeceu. “Ah, e eu escrevo as minhas próprias músicas, idiota”, escreveu. Harris terminou: “Toda a sorte, genuinamente. Você tem uma ótima voz”.

A guerra de Taylor Swift contra serviços de streaming acontece desde novembro do ano passado, quando a cantora decidiu retirar sua obra de empresas como o Spotify. Mais tarde, ela justificou sua decisão dizendo que achava que a remuneração dos artistas por esses serviços era insuficiente. Já em junho deste ano, Taylor publicou uma carta aberta direcionada à Apple em que comunicava a retirada de suas músicas do serviço de streaming Apple Music por não concordar com a política da companhia, que disponibilizava as canções sem o devido retorno financeiro à cantora, durante os três meses em que usuários testassem o programa gratuitamente. Essa batalha a cantora ganhou, quando a empresa recuou e disse que, sim, iria pagar os músicos no período de experiência.

(Da redação)