Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bruno Gagliasso é cobrado em 50.000 reais por aluguel atrasado

Advogado do proprietário do imóvel onde a mãe do ator mantém um restaurante no Rio de Janeiro entrou com ação de despejo

O advogado Ercio Braga entrou com uma ação de despejo na terça-feira contra Bruno Gagliasso pelo fato de o ator não ter pagado o aluguel da propriedade onde sua mãe, Lúcia, mantém o restaurante Família Gagliasso, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Segundo o advogado, que representa o proprietário do imóvel, a dívida é de cerca de 50.000 reais.

Segundo Braga, houve tentativas de acordo para o pagamento. “O parcelamento até foi concedido, mas eles não pagaram”, afirma. A ação, aberta na 5ª Vara Cível da Barra da Tijuca, deverá agora ser avaliada por um juiz.

De acordo com o advogado, é a segunda vez que há atraso no pagamento do aluguel – da primeira, porém, houve um acordo entre as partes e a dívida foi quitada. “Ele não é mau pagador”, diz Braga.

Em nota, a assessoria de imprensa de Gagliasso afirma que o ator não é inquilino do imóvel, “sendo, na verdade, fiador do espaço, que é alugado por integrantes de sua família. Bruno Gagliasso também esclarece que não exerce nenhuma ingerência sobre o referido contrato de locação, tampouco sobre a gestão dos negócios de seus parentes. Os advogados do ator já estão tomando todas as providências necessárias para que o caso seja resolvido de forma séria e com a maior celeridade possível.”