Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brendan Fraser, de ‘A Múmia’, entrou em depressão após assédio

Ator conta que foi assediado sexualmente pelo ex-presidente da associação que organiza o Globo de Ouro

O ator Brendan Fraser revelou em entrevista que foi assediado sexualmente em 2003, pelo então presidente da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (organização responsável pelo Globo de Ouro), Philip Berk. A revelação foi feita em entrevista à revista americana GQ. O ator, que fez sucesso no anos 1990, acredita que o episódio atrapalhou sua carreira, já que ele ficou depressivo e teria entrado para uma “lista negra” de Hollywood. Fraser fez filmes como George: O Rei da Floresta (1997) e A Múmia (1999), que ganhou duas sequências, O Retorno da Múmia (2001) e A Múmia: Tumba do Imperador Dragão (2008).

Segundo Fraser, Berk o tocou de maneira inapropriada. “Eu me senti nauseado. Como uma criança, com um nó na garganta.” O ex-presidente, contudo, afirma que apertou as nádegas do ator como uma “brincadeira”. Na época, Fraser solicitou à associação um pedido de desculpas por escrito, o que foi feito, com a garantia de que Berk e o ator não se encontrariam novamente.

“Eu entrei em depressão”, contou Fraser. “Eu me culpava e me sentia miserável, pois pensava: ‘Não foi nada, esse cara só encostou em mim. Mas, em minha mente, eu sabia que algo tinha sido tirado de mim.” Fraser ainda conta que, após o ocorrido, mal foi convidado para outras edições do Globo de Ouro.