Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Biografia de Steve Jobs será lançada no dia 24 de outubro

Livro é resultado de 40 entrevistas com o CEO da Apple, morto aos 56 anos nesta quarta-feira

Por Da Redação - 6 out 2011, 12h40

A biografia autorizada de Steve Jobs sequer foi lançada e já é um fenômeno editorial nos Estados Unidos. De acordo com o site americano The Hollywood Reporter, as encomendas do livro Steve Jobs, de Walter Isaacson, saltaram 42.000% desde esta quarta-feira, dia em que morreu o gênio criativo da Apple. Diante da situação, a editora Simon & Schuster anunciou nesta quinta-feira que a data de lançamento da obra foi remarcada para o dia 24 de outubro, ao invés do dia 21 de novembro, como o planejado.

A obra sobre o fundador da Apple já se encontra em fase de pré-venda nos sites da Amazon e da Barnes & Noble – as duas maiores redes americanas de varejo de livros. Usuários cadastrados nos sites podem reservar suas cópias, independentemente do país em que estiverem.

A obra é fruto de 40 entrevistas realizadas pelo autor com Jobs. Até então, o fundador da Apple jamais havia se disposto a colaborar com a elaboração de biografias sobre ele. Isaacson, ex- editor da revista americana Time, é autor de biografias consagradas de personagens como Benjamin Franklin e Henry Kissinger. Poucos detalhes do livro vazaram para o público. No Brasil, será lançado pela editora Companhia das Letras.

Essa não é a primeira obra a ser escrita sobre o empresário, que já foi tema de diversos livros que abordaram seu jeito rude de comandar funcionários e a genialidade de seus produtos. Um em particular, iCon: Steve Jobs – de 2005 -, irritou tanto o ex-CEO da Apple que a companhia decidiu banir todos os livros publicados pela editora John Wiley & Sons de suas lojas virtuais.

Publicidade