Clique e assine a partir de 9,90/mês

Beyoncé é processada por acidente em show nos EUA

Duas fãs da cantora foram pisoteadas na entrada de uma apresentação em Chicago, em dezembro de 2013

Por Da Redação - 4 abr 2014, 15h15

Beyoncé está enfrentando problemas na Justiça. Segundo o site do jornal Chicago Sun Times, duas fãs, Raquel Castellanos e Gabriella Davidson, foram pisoteadas na entrada de uma apresentação de Beyoncé em dezembro de 2013 na cidade americana de Chicago. Elas abriram um processo contra a cantora, o estádio United Center, onde ocorreu o show, e a produtora da turnê, Live Nation Entertainment.

Leia também:

‘Não sou mandona, sou a chefe’: Beyoncé quer mulheres na liderança

‘Frozen’ desbanca Beyoncé do primeiro lugar na Billboard

Continua após a publicidade

De acordo com o processo, Raquel e Gabriella ficaram várias horas do lado de fora do estádio para conseguir um bom lugar para ver o show quando os portões abrissem. Mas, quando isso aconteceu, elas foram atropeladas pela multidão, ficaram inconscientes e tiveram ossos quebrados. Para as mulheres, Beyoncé, a produtora dos shows e o estádio são os responsáveis pela formação de uma aglomeração de pessoas que ficaram nervosas com a falta de informações sobre a abertura dos portões.

No dia da apresentação, os funcionários do United Center permitiram a entrada do público por volta das 19 horas, mas sem dar instruções para a formação de uma fila para entrar. Segundo Raquel e Gabriella, a organização foi negligente e não fez nada para desencorajar que as pessoas que empurravam e corriam. Depois da confusão, as mulheres foram ajudadas por policiais e levadas a um hospital de Chicago.

Publicidade