Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Beyoncé é processada por acidente em show nos EUA

Duas fãs da cantora foram pisoteadas na entrada de uma apresentação em Chicago, em dezembro de 2013

Beyoncé está enfrentando problemas na Justiça. Segundo o site do jornal Chicago Sun Times, duas fãs, Raquel Castellanos e Gabriella Davidson, foram pisoteadas na entrada de uma apresentação de Beyoncé em dezembro de 2013 na cidade americana de Chicago. Elas abriram um processo contra a cantora, o estádio United Center, onde ocorreu o show, e a produtora da turnê, Live Nation Entertainment.

Leia também:

‘Não sou mandona, sou a chefe’: Beyoncé quer mulheres na liderança

‘Frozen’ desbanca Beyoncé do primeiro lugar na Billboard

De acordo com o processo, Raquel e Gabriella ficaram várias horas do lado de fora do estádio para conseguir um bom lugar para ver o show quando os portões abrissem. Mas, quando isso aconteceu, elas foram atropeladas pela multidão, ficaram inconscientes e tiveram ossos quebrados. Para as mulheres, Beyoncé, a produtora dos shows e o estádio são os responsáveis pela formação de uma aglomeração de pessoas que ficaram nervosas com a falta de informações sobre a abertura dos portões.

No dia da apresentação, os funcionários do United Center permitiram a entrada do público por volta das 19 horas, mas sem dar instruções para a formação de uma fila para entrar. Segundo Raquel e Gabriella, a organização foi negligente e não fez nada para desencorajar que as pessoas que empurravam e corriam. Depois da confusão, as mulheres foram ajudadas por policiais e levadas a um hospital de Chicago.