Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Belo e Gracyanne pagam dívida de R$ 30 mil e evitam leilão de bens

Segundo advogado, casal quitou as pendências com loja na última segunda-feira

A dívida que o pagodeiro Belo e Gracyanne Barbosa tinham com a loja de móveis Orlean foi quitada nesta segunda-feira, confirmou ao site de VEJA o advogado do casal, Ivo Peralta. A ex-dançarina era processada pela loja, que teria recebido cheques sem fundo assinados por ela em 2010, ano em que o casal oficializou a relação e fez uma milionária reforma no endereço onde mora. O valor devido à época, 17.430 reais, foi atualizado para os preços atuais dos móveis comprados, um lustre de cristal e uma mesa com cadeiras, chegando ao montante de 28.000 reais – adicionando os custos do processo, a quantia devida atualmente era de 32.000 reais.

Leia também:

Bens de Belo e Gracyanne podem ir a leilão para pagar dívidas

Gracyanne Barbosa, o abdômen mais duro do Anhembi

De acordo com Peralta, houve contato entre ele e os advogados da loja de móveis na semana passada, quando ficou acertado que a dívida seria paga nesta segunda-feira. Agora o juiz deve homologar e encaminhar o processo para arquivamento, suspendendo assim o leilão dos objetos adquiridos pelo casal que estava previsto para o dia 12 de agosto.

Em 2010, Belo e Gracyanne se casaram e decidiram modificar a decoração da residência em que vivem na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Para tanto, contrataram a decoradora Graça Arantes, e deram a ela três cheques em branco assinados pela ex-dançarina, que seriam usados para a compra de móveis e objetos da Orlean. Contudo, os cheques — de 5.810 reais cada — não teriam lastro.

(Da redação)