Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘BBB15’: o ‘Big Brother Brasil’ das mal amadas

Vítimas de uma assombrosa síndrome de autoestima rebaixada, as participantes desta edição esqueceram um item primordial de sobrevivência na casa: o amor próprio. Aline e Amanda rastejaram pelo mulherengo e manipulador Fernando. Tamires deixou o programa por causa de Rafael, que não deu a mínima, alegou amnésia alcóolica depois de tentar de agarrá-la e ainda foi perdoado por Talita, a traída

Se este é mesmo o melhor Big Brother Brasil de todos os tempos, é difícil dizer. Mas ele parece ser, de longe, o das mulheres mais mal amadas. Carentes, preteridas e rejeitadas, elas derramaram lágrimas, cultivaram olheiras e até deixaram o programa por causa dos rolos que arranjaram dentro dele. Aline se queimou por ter sido a escolhida – e coadjuvante – do conquistador Fernando, por quem Amanda chorou todo um Sistema Cantareira, aquele responsável por abastecer mais de 6 milhões de pessoas na Grande São Paulo. Já Talita, vítima de um público machista, ficou manchada por se dar ao desfrute – como diria a Cora de Império – com Rafael, por quem engoliu duas pílulas do dia seguinte. E o mesmo Rafael, depois de tomar umas a mais, assediar Tamires e negar tudo no dia seguinte, acabou levando a paulista, talvez a mais recatada de todas, a pedir para sair do reality show da Globo, coberta de lágrimas e também de vergonha.

VOTE: Quem deve deixar o ‘BBB15’: Cézar ou Mariza?

O ano é de 2015, mas as jovens desta edição agem como mulheres da literatura do século retrasado ao permanecer submissas aos galãs da casa. Elas, aliás, só querem os príncipes do castelo do BBB. Os sapos, caso do caubói metrossexual Cézar e do poeta Adrilles, não tiveram a menor chance. Tamires, que tinha a atenção plena dos dois, menosprezou os sentimentos de ambos e acabou rejeitada por um Rafael de ressaca, que alegou amnésia alcóolica depois de tentar de agarrá-la, durante uma festa no BBB15. Sem a menor delicadeza, Rafa só fez questão de deixar claro, no dia seguinte, que ela não teria a menor chance com ele. “Não aconteceu nem nunca vai acontecer”, disse, levando Tamires aos prantos. “Não precisava acabar comigo”, desabafou ela à amiga e também mal amada Amanda.

LEIA TAMBÉM:

Mariza flagra beijo de Amanda e Fernando, que seguem mentindo

Fernando e Amanda vão para o lelelê e ‘BBB’ bomba nas redes

Fernando tenta disfarçar, mas trai Aline todos os dias

Do lado de fora da casa, a aeromoça eliminada Talita, em tese a namorada de Rafael no programa, disse estar decepcionada com o comportamento do estudante. Mas bastou reencontrar o seu “príncipe” fora dos limites da “nave louca” para retomar a relação – com direito a fotos de paparazzi pelo Rio. Os dois seguem namorando e, ao que parece, o deslize com a cirurgiã dentista foi deixado para trás.

Quem também ficou no passado foi Aline. A mineira se relacionou com Fernando ao longo de sua estadia no BBB. O amor dos “pombinhos” era tanto que Aline chegou a dizer que passaria muito tempo sem fazer amor “de ladinho”, posição mais usual sob as cobertas do reality show, e o produtor cultural chegou a pedi-la em casamento e a jurar uma vingança contra os inimigos que tinha em comum com a amada na casa. Entre eles, Amanda, que passou mais de um mês chorando por ter sida preterida pelo carioca. Contudo, o enredo mudou completamente com o passar do tempo.

Uma vez que Aline foi eliminada do programa, Fernando deixou escapar a sua verdadeira personalidade. Em vez de príncipe, ele está mais para um Don Juan, incapaz de dizer não a um rabo de saia. Como Amanda estava disponível, e disposta, tudo caminhou para que um novo casal se formasse, pouco a pouco. A ex-participante mineira do reality ainda insistia que era tudo um jogo e que Fernando seria dela ao final de tudo, defendendo a honra do parceiro em programas da Globo. Mas o carioca, cedendo aos desejos carnais, abandonou suas promessas e decidiu aventurar-se embaixo das cobertas com a paulista. Que, como boa mal amada, no último fim de semana agradeceu a ele, entre lágrimas: “Para quem nunca teve nada, isso já é muito”.