Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Balé Bolshoi se apresenta em Cuba pela 1ª vez em 30 anos

Duas décadas depois da queda do bloco comunista, e pela primeira vez em 30 anos, o Balé Bolshoi de Moscou se apresentou em Havana com o Balé Nacional de Cuba, num reencontro entre dois ex-aliados da Guerra Fria.

O legendário grupo de balé russo, fundado em 1776, foi convidado de honra da Feira Internacional do Livro, em Havana, da qual participaram 200 escritores, intelectuais e artistas encabeçados pelo chanceler russo Serguei Lavrov.

“Estamos muito contentes pela união dos artistas, não há nada mais belo que isso para um país, é o princípio da boa amizade”, declarou Alicia Alonso, de 89 anos, lenda da dança cubana, fundadora do Balé Nacional (BNC) e embaixadora cultural da revolução de Fidel Castro.

Proximidade – O Bolshoi se apresentou num momento em que Moscou, em ofensiva diplomática na América Latina, intensificou seus contatos com Havana, depois de 20 anos de distanciamento depois da desintegração em 1991 da União Soviética (URSS).

O Bolshoi se apresentou pela primeira vez em 1966 em Cuba, e pela segunda e última em 1980, quando comemorou o centenário do coreógrafo russo Mikhail Fokin 1880-1942).

(Com agência France-Presse)