Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Babilônia’: mocinha barraqueira toma ‘banho de classe’

No capítulo desta segunda-feira, Regina (Camila Pitanga) foi elogiada pela amiga Paula (Sheron Menezes) por tratar com finesse a rival Cris (Tainá Müller)

A operação de recauchutagem de Babilônia, o maior fiasco na faixa das nove da Globo, continua. Agora, é a mocinha Regina (Camila Pitanga), que incomodava o público com os decibéis exagerados de seus barracos, quem passa por uma transformação. Regina não só mudou de ocupação — ela deixou de ser literalmente uma barraqueira, função que exercia na praia, para assumir um restaurante — e de visual, como agora se esforça para ser fina. Os ouvidos da audiência agradecem, apesar do ridículo da operação.

LEIA TAMBÉM:

Sophie Charlotte, a bela de ‘Babilônia’, também é musa no balé

Sim, o beijo gay é problema para ‘Babilônia’. Mas só um deles

Bruno Gagliasso chora e ameaça parar de atuar por ‘censura’ a ‘Babilônia’

No capítulo desta segunda-feira, Regina cruzou com duas rivais na rua, a ex-sogra Olga (Lu Grimaldi), mãe de Vinícius (Thiago Fragoso), e Cris (Tainá Müller), a ex que não desiste do advogado. Em vez de elevar a voz e partir para o ataque, como sempre fazia, ela como que mandou um beijinho no ombro para as inimigas, convidando-as a visitar o seu restaurante, o Estrela Carioca, e oferecendo um drinque de cortesia para as duas. Depois de se afastar das duas, Regina recebeu os cumprimentos da amiga Paula (Sheron Menezes), que a acompanhava, por sua “finesse”.

Regina já havia dado mostras de sua postura na inauguração do Estrela Carioca, quando Vinicius apareceu com Cris e foi bem recebido pela ex-namorada.

A nova fase de Regina, que inclui uns beijos e amassos com o galã Marcos Pasquim, já que ninguém é de ferro, vai ter até um momento Verdades Secretas– porém com classe. A ex-barraqueira vai posar como modelo para fotos na próxima semana.