Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autobiografia de Courtney Love terá drogas, Kurt Cobain e vida de stripper

Ao contrário do que alguns artistas brasileiros gostam de fazer, a cantora não deixará de fora nenhuma história de sua tumultuada vida pessoal

Courtney Love está se preparando para lançar, nos próximos meses, a sua autobiografia e, ao contrário do que alguns artistas brasileiros gostam de fazer, não deixará de fora nenhuma história de sua tumultuada vida pessoal. Detalhes sobre o livro surgiram nesta segunda-feira com o aparecimento de uma página sobre a obra no site de comércio eletrônico Amazon.

Leia também:

Courtney Love volta aos palcos no festival de Sundance

Filha de Kurt Cobain é chamada para depor contra a mãe

Segundo o site, o livro terá 400 páginas e contará “toda a história de sua vida”, incluindo relatos sobre a relação turbulenta com os pais hippies, o período durante o qual trabalhou como stripper, os problemas com drogas e sua versão sobre o “romance trágico” com Kurt Cobain e os relacionamentos com Billy Corgan (da banda Smashing Pumpkins), Trent Reznor (do grupo Nine Inch Nails) e o ator Edward Norton.

Na Amazon, o livro está com lançamento previsto para 15 de dezembro. Mas, segundo a revista americana Rolling Stone, a editora Macmillan Publishers afirma que o volume só estará disponível no início de 2014. No primeiro semestre, Courtney contou à revista Rolling Stone estar se inspirando na biografia Só Garotos, de Patti Smith, para escrever suas memórias. E completou que também tentou buscar ideias em Vida, de Keith Richards, mas desistiu. “Era longo demais, eu não terminei”, disse ela.