Atrizes da Globo se unem em campanha contra assédio sexual

Em posts no Instagram, Bruna Marquezine, Drica Moraes e Sophie Charlotte declaram: 'Mexeu com uma, mexeu com todas'

Por Da redação - Atualizado em 4 abr 2017, 16h21 - Publicado em 4 abr 2017, 15h39

Quatro dias depois da denúncia de uma figurinista da Globo contra José Mayer, a quem acusa de assédio sexual, um grupo de atrizes da Globo saiu em campanha no Instagram contra o assédio. “Mexeu com uma, mexeu com todas. Chega de assédio”, diz o post de Bruna Marquezine, Sophie Charlotte, Tainá Muller e Drica Moraes, que chegaram a vestir uma camiseta com as frases.

Também estão na campanha a humorista Mariana Xavier e as atrizes Camila Queiroz, Luísa Arraes, filha do diretor Guel Arraes, e Alice Wegmann, ex-colega de elenco de José Mayer em A Lei do Amor, folhetim que acaba de sair do ar. Os posts estão sendo feitos na manhã desta terça-feira. Confira abaixo.

Nesta segunda, a Globo informou que suspendeu José Mayer, retirado de O Sétimo Guardião, a próxima novela de Aguinaldo Silva para a faixa das nove da Globo, que entrará no ar em 2018. A produção deve substituir um folhetim de Walcyr Carrasco, que entrará no lugar de A Força do Querer, de Gloria Perez, no ar desde ontem. A emissora define a decisão como uma atitude isenta e responsável, no sentido “de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo aquilo em que a Globo acredita”.

O caso

Na madrugada da última sexta-feira, a figurinista Susllem Meneguzzi Tonani publicou um relato no blog #AgoraÉQueSãoElas, do jornal Folha de S. Paulo, em que afirma ter sido assediada por longo tempo por José Mayer. No texto, ela afirmou que o desconforto com o ator começou quando ele fez elogios “simples”: “Como você é bonita”, “como sua cintura é fina”, “como você se veste bem”. Depois, segundo ela, o assédio ficou mais pesado e ele teria dito: “Fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho” e “você nunca vai dar para mim?”, e culminou em fevereiro deste ano, quando ele tocou sua genitália, na presença de outras mulheres, que, segundo ela, não ficaram constrangidas e chegaram a rir da situação.

Publicidade

O ator negou ter assediado sexualmente a figurinista assistente da novela da Globo A Lei do Amor. “Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade”, disse o ator à publicação. “As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra (seu personagem na novela), não são minhas! Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo.”

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

Após o ator José Mayer ser acusado por assédio sexual a uma funcionária da Rede Globo, uma onda de manifestações tomou forma pelas mãos das atrizes e de outras profissionais mulheres da emissora. Segundo informa a atriz Alice Wegman (@alice.weg), elas se reuniram no domingo: "o assédio, moral e sexual, merece um basta – e já! ele não pode mais ser 'normal'. precisamos inventar um 'novo normal'; sem constrangimento, piadinhas e sem abuso de poder. é pra frente que se olha, de mãos dadas com o coletivo, com toda a empatia e sororidade. juntas, somos mais potentes, mais seguras, corajosas e confiantes. esse movimento não é sobre um caso só." #chegadeassedio #mexeucomumamexeucomtodas

A post shared by CLAUDIA (@claudiaonline) on

Publicidade

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

#mexeucomumamexeucomtodas#chegadeassedio

A post shared by Drica Moraes (@oficialdricamoraes) on

Ver essa foto no Instagram

Publicidade
Publicidade

#mexeucomumamexeucomtodas #chegadeassedio 🌹

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brunamarquezine) em

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

#mexeucomumamexeucomtodas #chegadeassedio

Publicidade

A post shared by Sophie Charlotte (@sophiecharlotte1) on

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

Meu corpo, minhas regras. Não importa se é anônimo, galã de novela ou presidente da República: gostar de sexo não significa gostar de sexo com você. Se uma mulher te disser não, pegue seu pintinho e saia de mansinho. #mexeucomumamexeucomtodas #chegadeassedio

A post shared by Mariana Xavier (@marianaxavieroficial) on

Publicidade

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

saímos de casa todos os dias torcendo pra não sermos assediadas. todos os dias, desde pequenas, quando nem sabíamos o significado de "assédio verbal/sexual". há garotas – muitas – que nem em casa têm sossego, porque até lá são alvos de abuso. a gente só quer RESPEITO. em cada espaço que ocupamos: casa, trabalho (! ! !), rua, festas, escolas, universidades, praia, restaurante, praça; sendo pretas, brancas, orientais ou indígenas; gordas ou magras; de roupa curta ou longa; sóbrias ou bêbadas (…). não deveria ser corriqueiro protestar para pedir RESPEITO, mas já que se faz necessário: RESPEITEM-NOS. RESPEITAR uma mulher não é favor nem qualidade. é o mínimo que você, homem, pode fazer para que a gente consiga viver em paz. esse é o primeiro passo para que o debate sobre equidade de gênero se torne palpável. obrigada, @catarinarangel, pela iniciativa. obrigada, mulheres lindas da tv globo, por esse movimento incrível do qual eu tenho muito orgulho de fazer parte. #chegadeassedio #mexeucomumamexeucomtodas

A post shared by 𝚐𝚊𝚋𝚛𝚒𝚎𝚕𝚊 𝚋𝚒𝚜𝚙𝚘 (@gabispo_) on

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

Gravando em Foz e com o coração nessa corrente ❤ #MexeuComUmaMexeuComTodas #ChegaDeAssedio

A post shared by Camila Queiroz (@camilaqueiroz) on

View this post on Instagram

Publicidade
Publicidade

#mexeucomumamexeucomtodas #chegadeassedio

Publicidade

A post shared by Júlia Rabello (@ajuliarabello) on

Publicidade