Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ator de Glee se declara culpado por posse de pornografia infantil

Mark Salling foi sentenciado a 7 anos de prisão e mais duas décadas em liberdade condicional

Por Da redação - Atualizado em 5 out 2017, 14h18 - Publicado em 4 out 2017, 20h02

O ator Mark Salling, conhecido por interpretar Noah “Puck” Puckerman na série musical Glee, confessou ser culpado das acusações de posse de pornografia infantil e foi sentenciado a 7 anos de prisão, mais 20 anos de liberdade condicional.

Segundo documentos obtidos pelo site The Blast, o ator de 35 anos fez um acordo com a Justiça ao confessar. A sentença de prisão pode cair para 4 anos e, quando liberado, o ator deverá evitar locais frequentados por menores de idade, como escolas e parques, além de entrar para um programa de tratamento para agressores sexuais. Ele também deverá pagar 50.000 dólares de multa a cada vítima que alegar danos pelo caso.

Salling foi preso em dezembro de 2015 e indiciado em maio do ano seguinte após uma denúncia anônima. Autoridades encontraram uma grande quantidade de imagens e vídeos de pornografia infantil em seu computador e em um drive de memória externa.

Publicidade