Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

As melhores refeições em vinícolas da Serra Gaúcha

Confira os endereços da categoria que valem a visita

O roteiro a seguir integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER Porto Alegre 2018/2019:

Cantina Sinuelo
Desde 1883, quando deixou a região italiana do Vêneto para se instalar na Serra, a família Molon se dedica ao cultivo da uva e do vinho. Em 1966, lançou a marca Sinuelo, que hoje é servida com orgulho no almoço no restaurante anexo à vinícola. O cardápio é formado por galeto ao primo canto, espaguete ou tortéi, queijo à doré, maionese de batata, salada verde, sagu e creme. A fartura custa R$ 49,90 por pessoa. Caso a ideia seja apenas uma sopa de capelete, o prato sai por R$ 14,90. Os vinhos próprios mais pedidos são o Prime merlot (R$ 87,00) e o Pietro Felice Veneza, elaborado com uvas moscato diallo (R$ 24,00). Estrada BR-116, km 113, 1185, Bairro Industrial, São Marcos, ☎ (54) 3291-9500 (90 lugares). 11h/14h (fecha seg.). Aberto em 1966. $

Cave Geisse
Fundada pelo engenheiro agrônomo e enólogo chileno Mario Geisse, a premiada vinícola tem três opções de visita. A mais básica, com degustação, custa de R$ 30,00 a R$ 80,00 por pessoa. O preço é revertido em compras. Há também a possibilidade de desfrutar o jardim da vinícola degustando espumantes, vinhos e drinques com petiscos. Com boa saída está a porção com seis miniempanadas (R$ 35,00) nos sabores de carne, queijo, frango, espinafre, cebola com gorgonzola e margherita. Também são vendidas fatias de pão artesanal cobertas por cogumelos da estação (R$ 22,00, doze unidades). A garrafa de espumante Cave Geisse Nature alegra a visita. É elaborada com uvas pinot noir e chardonnay e custa R$ 93,00. Linha Jansen, s/no, Pinto Bandeira, ☎ (54) 3455-7462 (300 lugares). 9h/11h30 e 13h/17h (sáb. E dom. 10h30/16h). Aberto em 1979. $$

Clô Restaurante — Vinícola Luiz Argenta
Os visitantes da vinícola Luiz Argenta têm a oportunidade de fazer as refeições no restaurante batizado de Clô, em homenagem a Clorinda Argenta, matriarca da família. O menu é sempre composto de couvert, salada, entrada, prato principal e sobremesa (R$ 99,00). Algumas receitas tradicionais de família foram mantidas, com destaque para o tortéi, sopa de capelete e sagu com creme. A formação do cardápio é sempre sazonal. Pode constar na experiência mezzaluna com massa artesanal de funghi, recheada com carne suína ao molho de manteiga, chorizo grelhado, purê de cenoura com tomilho, carré de cordeiro e risoto de cogumelos. Na hora do doce, pode chegar à mesa a palha italiana de avelã com semifredo de baunilha. Da adega saem variedades como o sauvignon blanc Luiz Argenta safra 2017 (R$ 71,00). Avenida 25 de Julho, 700, centro, Flores da Cunha, ☎ (54) 3292-4477 (140 lugares). 12h/15h (fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Dal Pizzol
Parte da Rota das Cantinas Históricas, a vinícola tem degustação técnica guiada (R$ 25,00) e degustação às cegas (R$ 75,00). Também é possível almoçar ou jantar no restaurante do parque, elaborado para grupos de no mínimo dez pessoas. O cardápio custa R$ 180,00 e consiste em salada de radicchi verde e vermelho com bacon e tomate seco, batata assada al menarosto e gratinada com cheddar e parmesão, espaguete ao funghi e filé com molho de vinho tinto e pesto. Para finalizar, é servido musse de iogurte natural com calda de suco de uva. Os vinhos campeões de vendas são o cabernet franc Dal Pizzol, safra 2015 (R$ 49,00), e o ancellotta, safra 2014 (R$ 59,00). Estrada RS-431, km 5, Distrito de Faria Lemos, Bento Gonçalves, ☎ (54) 3449-2255 (50 lugares). 9h/17h. Aberto em 1974. $$$$

Don Giovanni
A vinícola está inserida em uma granja que pertenceu aos antepassados da família Dreher. Hoje o local conta também com pousada e restaurante. Durante o dia, as visitas com degustação custam R$ 25,00. No salão de refeições, o cardápio harmonizado (R$ 130,00) se inicia com salada de alface com manga, coberta por redução de vinho. Depois vem cremoso risoto de alcachofras. Dois medalhões de filé-mignon com legumes cozidos complementam. Adoça a sequência a cassata com figo ramy em calda. Cada prato é acompanhado de taças de espumantes e vinhos próprios, que também são vendidos para levar. É o caso do cabernet franc Don Giovanni safra 2015 (R$ 65,00) e do espumante brut da casa (R$ 75,00), envelhecido 24 meses pelo método champenoise. Linha Amadeu, km 12, Pinto Bandeira, ☎ (54) 3445-6294 (40 lugares). 8h/11h45 e 13h/17h30 (sáb. 9h/17h; dom. e feriados, 9h/13h). Serve jantares mediante reserva aos sábados, das 19h30 às 23h. Aberto em 1982. $$$

Larentis
Os visitantes têm a oportunidade de conhecer a produção em uma visita gratuita. Outra experiência é o piquenique (R$ 75,00, por pessoa) realizado nos vinhedos durante os fins de semana. A cesta inclui queijo colonial, salame, copa, pão, geleias de uva e figo, toalha xadrez, almofada, uma garrafa de vinho ou espumante e uma taça de vinho personalizada. Entre os rótulos populares figuram o Larentis Reserva Merlot, safra 2013 (R$ 55,00), e o Larentis Cepas Selecionadas Teroldego, safra 2014 (R$ 65,00). Via Trento, Linha Leopoldina, Bento Gonçalves, ☎ (54) 3453-6469 (20 lugares). 9h/11h30 e 13h/17h (sáb. e dom. 10h/17h). Aberto em 2001. $$

Lovara
A moderna vinícola do roteiro Caminhos de Pedra orgulha-se de manter um restaurante com programação variada. Uma das apostas do cardápio é a sequência de fondues (R$ 90,00 por pessoa, com bebidas inclusas), que começa com a de queijo, acompanhada de polenta frita, pão caseiro, batatas assadas, brócolis, couve-flor, cenoura, goiabada e molhos de frutas vermelhas, pimenta, alho, mostarda e pesto. Depois, vêm à mesa pedacinhos de carne bovina, de frango e linguiça calabresa cozidos para ser mergulhados no queijo. Por fim, fondue de chocolate. Banana, abacaxi, melão, mamão e morango, pirulito de bolo de chocolate, minichurros, marshmallow e sorvete caseiro encerram as guloseimas. Para harmonizar o jantar, são boas pedidas o Lovara merlot 2015 (R$ 26,00) ou o tannat Gran Lovara 2015 (R$ 85,00). Rua José Benedetti, 222, Salgado, Bento Gonçalves, ☎ (54) 2102-9005 (100 lugares). 9h/17h (fecha dom.). Aberto em 1997. $$

Maria Valduga
Ao entrar no restaurante, instalado dentro do complexo da Casa Valduga, é difícil não desviar a atenção para o teto do ambiente principal, onde está suspenso um enorme lustre de cristal. Logo abaixo, o piano de cauda propaga músicas clássicas. Mais ao fundo, pedras de basalto contrastam com a adega. O salão requintado em nada lembra o espaço que já abrigou uma pequena e simples cantina, onde os irmãos Valduga realizavam experimentos para a vinícola. Se o lugar foi completamente remodelado, não se pode dizer o mesmo do receituário de base italiana, que mantém antigos preparos da família — alguns herdados da matriarca Maria. O ritual do banquete de almoço (R$ 85,00 por pessoa) começa com focaccia e patê de azeitona preta. Na etapa inicial ainda tem sopa de capelete, salada com alface e radicchi, polenta e pien (bolinho de carne). Enquanto os minutos passam, os garçons abastecem as mesas com massas frescas e grelhados. No rol de opções, o tortéi, de textura suave, vem com molho de manteiga e sálvia. Espaguete ao molho de tomate seco e fusilli aos quatro queijos podem cobrir o prato ao lado de linguiça, costelinha de porco e galeto. Na harmonização, os vinhos da casa têm preço de loja. O Identidade Terroir Pinot Noir custa R$ 76,00. Tentação final, a sobremesa pode ser escolhida entre três itens: panacota com calda de frutas vermelhas, sagu com creme e doce de abóbora.Via Trento, 2355, Linha Leopoldina, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, ☎ (54) 2105-3154 (72 lugares). 12h/15h30 (sáb., dom. e feriados 12h/16h). Aberto em 1984. $$

Wine Garden — Miolo

Hoje, 121 anos depois da elaboração dos primeiros vinhos, os rótulos assinados pelo enólogo Adriano Miolo somam 10 milhões de litros por ano, exportados para mais de trinta países. A vinícola Miolo tem visitas guiadas a partir de R$ 30,00, mas o que chama atenção é o movimento no jardim, onde está o Wine Garden, com áreas de descanso e serviço de comidinhas de piquenique. A bruschetta de tomate e manjericão custa R$ 18,00 (quatro unidades) e pode ser dividida com o cuvée Giuseppe merlot 2016 (R$ 64,00). Outra sugestão é a empanada chilena recheada com carne, azeitonas, ovo cozido e uva-passa (R$ 38,00, seis unidades). O vinho Miolo Quinta do Seival, de castas portuguesas, custa R$ 82,00 (safra 2013). Estrada RS-444, km 21, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, ☎ (54) 2102-1500 (500 lugares). 8h12/17h45 (dom. e feriados 10h/16h45). Aberto em 1990. $