Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Argo’ vence prêmio de atores e se fortalece para o Oscar

Com a vitória no SAG Awards, o filme dirigido e protagonizado por Ben Afleck segue como principal papão de troféus na temporada de premiações dos EUA

A 19ª edição do prêmio do Sindicato dos Atores de Hollywood (Screen Actors Guild ou apenas SAG), confirmou neste domingo Argo, de Ben Afleck, como grande favorito a ganhar o Oscar de melhor filme em detrimento de Lincoln, de Steven Spielberg. O filme de Afleck – preterido na disputa de melhor direção entre os indicados ao Oscar – venceu na categoria de melhor elenco em cinema, apesar de seus atores não conseguiram nenhum prêmio individual.

Leia também:

‘Argo’ leva prêmio de produtores dos EUA

Ben Affleck diz que ‘Argo’ é o filme do qual mais se orgulha

Nessa disputa particular, Lincoln foi o mais premiado da noite, com dois troféus: um para Daniel Day-Lewis e outro para Tommy Lee Jones. Day-Lewis ficou com o prêmio de melhor ator, como estava previsto, e foi aplaudido de pé pelos presentes à cerimônia realizada no Shrine Exposition Center de Los Angeles, enquanto Jones levou o de ator coadjuvante.

Jennifer Lawrence foi escolhida melhor atriz por O Lado Bom da Vida. Lawrence tinha como principal adversária Jessica Chastain, de A Hora Mais Escura. Ambas ganharam recentemente os prêmios de atrizes protagonistas em comédia e drama nos Globos de Ouro e repetirão a mesma queda de braço no Oscar no dia 24 de fevereiro.

A britânica Naomi Watts, indicada nessa categoria pelo filme espanhol O Impossível, voltou a ver como lhe escapou um prêmio de Hollywood este ano, o mesmo que Javier Bardem, cujo vilão em 007 – Operação Skyfall lhe valeu uma indicação de melhor ator coadjuvante aos SAG. Anne Hathaway foi a única vitória conseguida por Os Miseráveis, como melhor atriz coadjuvante.

Televisão – O SAG Awards reconheceu ainda o trabalho do elenco das séries Modern Family e Downton Abbey como os melhores da televisão. A colombiana Sofía Vergara, pelo terceiro ano seguido, recebeu com os seus companheiros o prêmio de melhor elenco em comédia por Modern Family, mas perdeu o prêmio individual de melhor atriz de comédia para Tina Fey (30 Rock). Antes de Fey, Alec Baldwin levou seu sétimo Ator – nome da estatueta dos SAG – por seu papel nessa mesma série, que após sete temporadas despede-se na próxima quinta-feira da audiência dos EUA com seu último episódio.

Nova Temporada: Vencedores do SAG Awards 2013

Contra toda previsão, Downton Abbey ficou com o título de melhor elenco de drama da televisão em 2012 frente ao favorito Homeland‘ e medalhões como Mad Men, Boardwalk Empire e Breaking Bad. Bryan Cranston, protagonista desta última série, porém, foi o único ator que ganhou dois prêmios. “É bom ser mau”, disse Cranston sobre seu papel do professor de química Walter White que deixa as salas de aula para se dedicar ao narcotráfico, após vencer pela primeira vez o prêmio ao qual era indicado desde 2010. Além disso, ele fez parte do elenco ganhador de Argo.

Leia mais:

Um brasileiro na noite do Oscar

Claire Danes conseguiu a única estatueta para Homeland, melhor atriz de drama. Danes já tinha ganhado um Ator nos SAG por Temple Grandin (2010). Também ganharam um prêmio esta noite Kevin Costner, por seu rude personagem na minissérie Hatfields & McCoys, e Julianne Moore, por encarnar Sarah Palin em Virada no Jogo, filme para televisão sobre as eleições presidenciais dos EUA em 2008.

Homenagens – A cerimônia homenageou os atores que morreram no ano passado, entre eles a Lupe Ontiveros (Melhor é Impossível), e celebrou a carreira do cômico Dick Van Dyke, que demonstrou que a seus 87 anos ainda mantém muita da energia e agilidade que caracterizaram seus personagens, tais como o limpa-chaminés de Mary Poppins.

Os ganhadores dos prêmios SAG são escolhidos com os votos de seus mais de 165.000 filiados e são um referencial para o que pode ocorrer nos prêmios Oscar, já que os atores constituem o grupo mais amplo de eleitores para os prêmios da Academia Ciências Cinematrográficas de Hollywood.

A 19ª edição dos SAG foi a primeira desde que aconteceu a fusão do Screen Actors Guild (SAG) e da American Federation of Television and Radio Artists (AFTRA), que aconteceu em 2012 e deu como resultado o sindicato de atores mais representativo dos EUA, o SAG-AFTRA.

(Com agência EFE)