Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após tragédia, filme de Tom Hanks sobre queda de avião é adiado

‘Sully – O Herói do Rio Hudson’ chegaria aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira

Novo filme de Clint Eastwood e primeira parceria do diretor com o ator Tom Hanks, o filme Sully – O Herói do Rio Hudson estava marcado para estrear nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 1º de dezembro. Porém, a queda do avião que levava a equipe da Chapecoense à Colômbia levou a distribuidora Warner Bros a adiar o lançamento.

A trama do filme acompanha o acidente aéreo ocorrido em 2009, em Nova York, quando o piloto Chesley “Sully” Sullenberger fez um pouso de emergência no rio Hudson, após uma colisão com aves, que desativaram as turbinas do avião. A história, contudo, possui um final feliz, e ficou conhecida como “milagre do Rio Hudson”.

A distribuidora afirma que ainda não há uma nova data prevista para o longa ser exibido no Brasil. Nos Estados Unidos, a produção estreou em setembro. Confira o comunicado oficial da empresa:

“A Warner Bros. Pictures está profundamente entristecida por esta terrível notícia. A fim de sermos respeitosos com esta tragédia, tomamos a decisão de adiar a estreia de Sully: O Herói do Rio Hudson, anteriormente programada para o dia 1 de dezembro. Estendemos nossas sinceras condolências às famílias e aos entes queridos das vítimas neste triste momento.”

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marco Alves Monteiro

    É melhor adiarem indefinidamente qualquer filme em que alguém morrer. Afinal morrem mais de 250 mil pessoas por dia na Terra. Que tal solidariedade com os milhões de mortos anônimos, pobres e não celebridades que morrem todos os anos? Coisa idiota.

    Curtir

  2. Marco Alves Monteiro

    Porque não adiam filmes sobre guerras? Há várias guerras, civis e internacionais acontecendo agora e nunca houve um único ano de paz no mundo desde a mais de 10 mil anos. Tolice politicamente-“correta”.

    Curtir

  3. Cesar8002UTB

    Noe Estados Unidos tem final feliz, na América Latrina morre quase todo mundo. Tô começando a achar que esse continente inteiro é amaldiçoado…

    Curtir