Clique e assine a partir de 9,90/mês

Após episódio com Tais Araújo, 342Artes se volta contra o racismo

'Essa é mais uma face repugnante dessa onda de ódio que alguns tentam disseminar', diz post do movimento

Por redação - Atualizado em 27 Nov 2017, 11h28 - Publicado em 27 Nov 2017, 11h19

Tais Araújo contou em participação no evento TEDx que já viu gente mudar de calçada ao deparar com seu filho, negro e anônimo e, além de mensagens de apoio e solidariedade, ensejou também críticas e piadinhas — de pessoas que duvidam e debocham do depoimento da atriz. Além disso, Titi, filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, foi atacada de maneira covarde por uma usuária do Instagram que se diz socialite.

Depois desses episódios, que se alastraram ao longo da semana passada e deste fim de semana, a semana do feriado da Consciência Negra, o #342Artes, movimento de defesa da liberdade de expressão encabeçado por Caetano Veloso e a mulher, a empresária Paula Lavigne, fez uma postagem contra o racismo.

O post foi compartilhado por atores como Pedro Cardoso, que na semana passada abandonou um programa ao vivo para defender a atriz. O ator participava de uma atração da TV Brasil, da rede EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), cujo presidente ironizou a fala de Tais Araújo. “Passageiro pula de avião ao constatar que Taís Araújo estava a bordo”, ironizou Laerte Rimoli nas redes sociais

Desde sempre, o Brasil vive inaceitáveis manifestações de racismo. Essa é mais uma face repugnante dessa onda de ódio que alguns tentam disseminar e que está cada vez mais vindo à tona”, diz o texto da postagem do #342Artes. “Em um país onde mais da metade da população é negra, isso é um absurdo! O Movimento 342 é absolutamente contra o racismo. Nos manifestamos contra todas as formas de exclusão, discriminação e intolerância. E não deixaremos de denunciar as atitudes racistas que além de inaceitáveis são criminosas. Somos pela liberdade, pela diversidade e pelo respeito.”

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Desde sempre, o Brasil vive inaceitáveis manifestações de racismo. Essa é mais uma face repugnante dessa onda de ódio que alguns tentam disseminar e que está cada vez mais vindo a tona. Em um país onde mais da metade da população é negra, isso é um absurdo! O Movimento 342 é absolutamente contra o racismo. Nos manifestamos contra todas as formas de exclusão, discriminação e intolerância. E não deixaremos de denunciar as atitudes racistas que além de inaceitáveis são criminosas. Somos pela liberdade, pela diversidade e pelo respeito. #342artes #342agora #NovembroNegro

A post shared by Pedro Cardoso (@pedrocardosoeumesmo) on

Publicidade